Plantando ar saudável: uma solução natural para solucionar a poluição e o calor nas cidades

Este post foi originalmente escrito por  e publicado no TheCityFix.

tNC_1

A natureza é capaz de ajudar as cidades a enfrentar problemas como o ar muito sujo ou muito quente? Com base em um novo relatório divulgado pela The Nature Conservancy – em colaboração com C40 Cities Climate Leadership Group – a resposta parece ser um qualificado “sim”.

O relatório “Planting Healthy Air” (Plantando Ar Saudável, em tradução livre) identifica o potencial retorno do investimento do plantio de árvores em 245 cidades globais, que atualmente abrigam cerca de um quarto da população urbana do mundo. Através da coleta e análise de informações geoespaciais sobre a cobertura florestal, de material particulado e densidade populacional, e alavancando os estudos existentes, o estudo estima o escopo de árvores de rua atuais e futuras para tornar o ar urbano mais saudável. Os benefícios que as árvores poderiam dar às cidades serão ainda mais cruciais no futuro, conclui o estudo, já que um quarto de milhão de pessoas pode morrer a cada ano devido ao aquecimento urbano até 2050, a menos que as cidades tomem medidas proativas para se adaptarem ao aquecimento global

TNC-cooler-cities

(Árvores urbanas, cidades resfriadas: O cimento e o concreto das cidades absorve a energia do sol e a irradia de volta para o ambiente, esquentando o ar nas cidades. As árvores fornecem sombras e previnem que o concreto esquente, além de resfriar o ar pela transpiração de água. As árvores podem resfriar bairros em cerca de 4º Fahrenheit)

Enquanto as árvores já existentes da cidade limpam e resfriam o ar para mais de 50 milhões de pessoas, um investimento global de U$ 100 milhões por ano em plantio de árvores e manutenção poderia favorecer até 77 milhões de pessoas com cidades mais frias e oferecer para 68 milhões de pessoas reduções consideráveis de partículas de poluição do ar. Novas árvores nas cidades oferecem impacto potencial grande,  mas manter árvores existentes da cidade é muito importante, pois muitas cidades globais estão perdendo suas árvores, devido ao desenvolvimento, às pragas, agentes infecciosos, e a falta de orçamento para manutenção.

O relatório “plantando ar saudável” e o website com um mapa interativo fornecem, por meio dos estudos de caso das cidades que o relatório utiliza, recursos para aqueles interessados em utilizar a natureza para melhorar o ar. Esses estudos podem auxiliar líderes urbanos e oficiais de saúde pública a endereçar tópicos importantes sobre arborização e qualidade do ar, tais como quais cidades e quais bairros podem ser mais auxiliados, a fração do problema de qualidade do ar que pode ser resolvida pelas árvores, quanto investimento é necessário, e onde as árvores equivalem ao custo-benefício. Em muitas cidades, um bairro individual pode oferecer um retorno muito maior sobre o investimento do que a média da cidade, e os mapas do relatório são uma ferramenta útil para os líderes da cidade decidirem onde fazer um investimento em árvores na cidade.

TNC-better-air

Árvores urbanas, melhor qualidade do ar: árvores nas cidades podem remover partículas de poluição na vizinhança imediata. E quando plantadas entre uma fonte de poluição e a construção de um apartamento, escola ou hospital, as árvores podem ajudar a proteger a saúde das pessoas.

Para aqueles que buscam maneiras de encaminhar os desafios da qualidade e calor do ar, a arborização urbana é a única solução que resolve os dois problemas simultaneamente. Além disso, as árvores fornecem benefícios como habitat da vida selvagem, controle de inundações, redução dos níveis de carbono e locais para lazer, que podem ter valor significativo para a cidade. Apesar de a arborização urbana sozinha não resolver os desafios do calor e da poluição, é uma solução que pode ser posta em prática hoje e é comparável em custo e eficácia em soluções como limitar o tráfego de automóvel, pintar telhados de branco ou instalar purificadores em chaminés.

No lugar certo, árvores podem ajudar a deixar nosso ar mais saudável e nossas cidades mais verdes e habitáveis.

Visite nature.org/healthyair para explorar o mapa interativo.