Vídeo mostra 6 mil anos de urbanização em 3 minutos

 

Como nasceram as cidades? Assim que o homem começou a se estabelecer, que lugares ele escolheu? Para onde se movimentou? Responder a essas perguntas era um grande desafio até que o historiador Tertius Chandler e o cientista político George Modelski conseguiram reunir dados arqueológicos e de população de até 2250 anos antes de Cristo. Mas os números estavam em tabelas difíceis de compreender.

Quem quebrou essa barreira foi Meredith Reba, uma pesquisadora de Yale, que reuniu esses e outros dados de forma digital em um artigo recente. De 3700 A.C até 2000 D.C, tudo foi dividido em cores, nesse mapa:

212425bb3 (1)

(Esri, HERE, DeLorme, MapmyIndia, ©OpenStreetMap contributors, and the GIS user community/Meredith Reba et al, Scientific Data , Nature Publishing Group)

Apesar de evidenciar que a região da Mesopotâmia é um berço da civilização, como aprendemos na escola, os dados revelam que o foco do desenvolvimento urbano não foi constante. Os pesquisadores usaram esse exemplo para explicar o que está por vir: com tanta gente indo morar nas cidades nos próximos anos, precisamos ter em mente que a urbanização não será necessariamente como foi antes. Os agentes podem mudar, assim como a maneira como se dá a urbanização, os lugares, as regiões.

Com tanta informação reunida, ficou até fácil para Max Galka, que é um pesquisador especializado em visualização de dados, reunir tudo e transformar no vídeo acima. A inclusão de fatos históricos na linha do tempo também ajuda a contextualizar as transformações. Como será que ficará o vídeo dos próximos 100 anos?