Fortaleza aposta na integração entre bicicletas e transporte coletivo

Além de bicicletas compartilhadas, novo sistema de fortaleza terá paraciclos junto aos terminais de transporte coletivo (Foto: Diário do Nordeste/Reprodução)

Priorizar os modos de transporte ativo e sustentável, como a bicicleta, vai além da construção de ciclovias. Infraestrutura adequada para garantir a segurança, sinalização direcionada, tempo para travessia nos cruzamentos, paraciclos e bicicletários, serviços, possibilidade de integração com os demais modos – um amplo conjunto de elementos entra em cena quando se trata de priorizar a bicicleta sobre os carros.

Neste mês, a capital cearense anunciou uma nova iniciativa para qualificar a mobilidade sustentável na cidade: o Sistema de Bicicletas Compartilhadas – Modelo Integração. O principal objetivo é a integração das bicicletas ao transporte coletivo na cidade, a fim de estimular a mobilidade ativa e facilitar as condições de deslocamento para quem opta pelo modal. O cadastro no sistema é via Bilhete Único Fortaleza, e as bicicletas poderão ser utilizadas de forma gratuita, desde que respeitando o limite de 15 minutos entre um uso e outro. A previsão é que de que o novo sistema comece a operar até maio.

O projeto inicial, apresentado pela prefeitura na primeira semana de janeiro, consiste na implementação, em todos os terminais de ônibus de Fortaleza, de estações com 50 bicicletas compartilhadas e paraciclos para estacioná-las. Cada estação deve contar com 60 vagas, número que pode variar conforme a demanda de passageiros nos diferentes locais. Além disso, também serão disponibilizados 15 paraciclos, com 30 vagas ao total, onde ciclistas poderão guardar bicicletas próprias.

Os usuários poderão utilizar as bicicletas por até 14 horas antes de retorná-las, o que abre a possibilidade de permanecer com a bicicleta durante o horário de trabalho e só devolvê-la à estação na volta para casa. Além disso, para as bikes retiradas a partir das 17h das sextas-feiras, a devolução poderá ser feita até as nove horas da manhã na segunda-feira seguinte.

(Fonte: Prefeitura de Fortaleza)