Chip instalado nas bicicletas abre o sinal para ciclistas na Dinamarca

Código instalado na roda dianteira é lido nos semáforos, que fecham para os carros e abrem para a bicicleta (Foto: ID-Advice/Reprodução)

A cidade de Aarhus, na Dinamarca, está testando uma nova tecnologia para aumentar a segurança dos ciclistas nas ruas. A etiqueta RFID (sigla em inglês para “identificação por radiofrequência”), espécie de chip instalado nas bicicletas, aciona os semáforos para que fechem para os carros quando ciclistas se aproximam de um cruzamento.

Implantado na roda dianteira da bicicleta, o código da etiqueta é lido por um sensor nos semáforos equipados com a nova tecnologia. O sistema registra aproximação do ciclista a cerca de 100 metros dos sinais, para que a mudança no semáforo não seja brusca e haja tempo viável para os carros desacelerarem. Ao longo de 2015, o chip foi testado em 200 bicicletas e a ideia é que seja instalado em outras mil em 2016.

Além de garantir segurança e prioridade para os ciclistas, a iniciativa busca incentivar que mais pessoas na cidade passem a usar a bicicleta como meio de transporte no dia a dia. O sistema é uma das ações do programa “Aarhus Cycling City”, desenvolvido para promover a mobilidade sustentável na cidade dinamarquesa.

A fase de testes teve início no final do ano passado e, se a inovação se provar eficaz, deve ser ampliada para outros cruzamentos da cidade. Em longo prazo, o plano é elevar o sistema para uma espécie de “passaporte ciclístico”: quem aderir recebe uma série de benefícios na cidade, como prioridade nos semáforos, estacionamentos e acesso a facilidades para ciclistas.

(Fonte: AU Smart Cities)