Quais são os benefícios da implantação de velocidades seguras nas cidades?

São Paulo. (Foto: Daniel Guimarães / A2 Fotografia)

As altas velocidades nas ruas das cidades matam. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 1,2 milhão de pessoas em todo o mundo perdem a vida em acidentes de trânsito, anualmente. O Brasil é o 4º país com o maior número de óbitos. Os números alertam para tomadas de decisão e ações urgentes – entre elas, a redução do limite de velocidade em áreas urbanas. Este será o tema de debate do Seminário “Impactos da Implantação de Velocidades Seguras em Cidades”, que acontecerá dia 15 de dezembro, a partir das 9h, no Hotel Pestana, em São Paulo.

O encontro é realizado pelo WRI Brasil Cidades Sustentáveis (produtor do TheCityFix Brasil), com apoio da Rede Nossa São Paulo, e integra a Iniciativa Bloomberg para Segurança Global no Trânsito, que tem como objetivo reduzir as mortes e lesões causadas por acidentes de trânsito em todo o mundo.

Velocidades mais baixas aumentam a possibilidade de condutores, pedestres e ciclistas verem uns aos outros e reagirem, evitando acidentes e reduzindo, assim, o número de mortos e feridos no trânsito. Uma redução de 5% na velocidade média dos veículos pode resultar em 30% menos acidentes fatais. Na Noruega, a redução do limite de velocidade de 60 km/h para 50 km/h em vias urbanas diminuiu em menos de 4 km/h a velocidade média do tráfego e promoveu uma redução de 45% nos acidentes fatais. No Brasil, São Paulo está reduzindo os limites de velocidade das vias marginais e arteriais e implementando o projeto Área 40 em locais com grande circulação de pedestres e ciclistas.

Especialistas nacionais e internacionais vão apresentar casos de sucesso e participar do debate com o público. Entre eles está Jennie Oxley, Vice-diretora do Curtin-Monash Accident Research Centre e Diretora Associada do Monash University Injury Research Institute, na Austrália, e Rod King, Fundador e Diretor da 20’ Plenty for Us, organização não-governamental que auxilia comunidades a reduzir limites de velocidade em vias urbanas, na Inglaterra.

Inscrições limitadas aqui.

Jennifer Oxley

Vice-diretora do Curtin-Monash Accident Research Centre e Diretora Associada do Monash University Accident Research Centre (MUARC). PhD em Psicologia e experiência acadêmica em ciências da saúde aplicada. Durante seu tempo no MUARC, Jennie contribuiu significativamente para aumentar a segurança de usuários vulneráveis das vias, e é responsável pela gestão de grandes projetos nas áreas de avaliação do risco a novos motoristas, idosos, crianças pedestres e ciclistas, fatores humanos e questões de segurança relativos a tecnologias e desenvolvimento de medidas inovadoras para melhorar a mobilidade segura.

Rod King

Fundador e Diretor da 20’s Plenty for Us. Iniciou a campanha por limites de velocidade mais baixos em Warrington, em 2004, após visita à cidade de Hilden, na Alemanha. No início dos anos 1990, Hilden implementou o limite de 30 km/h na maioria de suas vias como início da estratégia para incrementar a caminhada e o uso da bicicleta. Em 2007, aprofundou o conhecimento na área e criou o 20’s Plenty for Us com o intuito de auxiliar outras comunidades a introduzir limites baixos de velocidade. Atualmente, a iniciativa já conta com 290 campanhas locais que estão influenciando governos e tomadas de decisão em transporte para o uso e benefícios dos 20mph (30 km/h) como limite.

Agenda 

08:30 – 09:00 Welcome Coffee

09:00 – 09:50 Abertura – Apresentação da Organização Mundial da Saúde sobre Dados de Segurança Viária – Panorama Nacional e Global – Roberto Victor Pavarino Filho, Consultor Nacional da Organização Mundial de Saúde OPAS/OMS no Brasil em projetos relacionados à redução da morbimortalidade no trânsito. 

9:50 – 10:15 Segurança Viária, Conceitos e Tendências – Marta Obelheiro, Coordenadora de Projetos de Saúde e Segurança Viária do WRI Brasil Cidades Sustentáveis

10:15 – 11:15 Ecodireção e o impacto da adoção de velocidades seguras – Professor Jakow Grajew, Fundação Getúlio Vargas

11:15 – 11:50 A experiência da Política Nacional Australiana em Redução de Velocidade – Jennifer Oxley, PhD, Vice-Diretora do Curtin-Monash Accident Research Centre e Diretora Associa-da do Monash Injury Research Institute, Austrália

11:50 – 12:30 Debate entre Palestrantes e Convidados

12:30 – 14:00 Almoço 

14:00 – 14:30 Apresentação da Organização 20’s Plenty for Us – Rod King, Fundador e Diretor de Campanhas da 20’s Plenty for Us

14:30 – 14:50 Apresentação Prefeitura de São Paulo – Ciro Biderman, Chefe de Gabinete da SPTrans

14:50 – 15:15 Apresentação da Rede Nossa São Paulo – Carlos Aranha, coordenador do Grupo de Trabalho de Mobilidade Urbana da RNSP

15:15 – 16:30 Debate sobre Redução de Velocidade em São Paulo

16:30 – 17:00 Encerramento e Coffee