São Paulo implanta faixa exclusivas para pedestres

Faixa verde exclusiva para pedestres, na Av. Liberdade em São Paulo (Foto: CET/Reprodução)

Depois do amplo investimento na construção de vias exclusivas para os ciclistas, em setembro deste ano São Paulo começou a testar uma nova infraestrutura urbana: as faixas exclusivas para pedestres.

A intervenção consiste em uma faixa de meio metro de largura, com pintura antiderrapante e acompanhada por outros elementos de sinalização, como segregadores, balizadores e tachas refletivas, e funciona como uma extensão da calçada. A Avenida Liberdade, na região central da cidade, foi a primeira a receber a faixa verde, devido ao intenso fluxo de circulação de pessoas: 5.500 por hora, de acordo com a CET, principalmente nas proximidades da estação São Joaquim.

Estudos feitos pela instituição mostraram que, por conta da falta de espaço, em torno de 5% das pessoas acabavam percorrendo alguns trechos pela faixa dos carros. A fim de reduzir os riscos e aumentar a segurança de quem circula pelo local, 750 metros da via receberam a faixa verde, entre as ruas São Joaquim e dos Estudantes, região com alta concentração de hospitais e faculdades.

O projeto, por enquanto, opera em fase piloto, mas pode ser estendido a outras vias com intensa circulação de pedestres dentro dos próximos meses.

(Fontes: CicloVivo, Folha de S. Paulo)