Corredor Cultural: revitalização urbana na Cidade do México

Projeto de revitalização da Avenida Chapultepec, na Cidade do México (Imagem: FR-EE/Reprodução)

A transformação de uma ferrovia desativada no que é hoje o High Line inspira cidades espalhadas pelo globo a seguirem o mesmo caminho. O exemplo de revitalização urbana de Nova York, um dos maiores do mundo, mostra como é possível reaproveitar áreas em desuso, devolvendo vida a regiões antes abandonadas e ociosas e transformando-as em espaços públicos atrativos e sustentáveis.

Na Cidade do México, um escritório de arquitetura foi selecionado para projetar uma intervenção urbana de grandes proporções em uma das vias mais antigas da cidade. Se concretizado, o Corredor Cultural da Avenida Chapultepec vai se estender pelo coração da capital mexicana, conectando diversas rotas de pedestres para criar um caminho contínuo, com uma série de diferentes espaços públicos juntos.

 

 

A proposta é devolver a Avenida Chapultepec às pessoas e, principalmente, aos meios de transporte não motorizados. O novo parque entra no espaço urbano da Cidade do México para mostrar aos moradores o papel fundamental das áreas verdes e públicas para a qualidade de vida na cidade.

Uma conexão entre diversas áreas e um ponto de encontro e circulação para qualificar a mobilidade sustentável. O corredor verde foi planejado para, além de recuperar uma parcela do espaço da cidade, instigar nas pessoas a reflexão sobre as vias urbanas.

(Imagem: Corredor Cultural Chapultepec/Reprodução)

(Imagem: Corredor Cultural Chapultepec/Reprodução)

(Imagem: Corredor Cultural Chapultepec/Reprodução)