Campanha estimula turismo sustentável nos Jogos Rio 2016

(Foto: Ramon Llorensi/Flickr)

Rio de Janeiro está presente no roteiro de viagem de turistas de todo o mundo. Além de seus valores intrínsecos, a cidade maravilhosa recebe eventos mundiais, o que atrai ainda mais visitas. Shows e festivais são usuais na programação cultural. Recentemente, o Rio recebeu a Copa do Mundo de 2014, o que possibilitou um vislumbre de como serão os índices de turismo do próximo grande evento que a cidade receberá: os jogos olímpicos de 2016.

Durante a copa, o Rio recebeu 886 mil turistas, sendo 471 mil estrangeiros, que deixaram na cidade R$ 4,4 bilhões. O impacto disso para a cidade precisa ser pensado, por isso o turismo sustentável tem sido braço planejado da cidade.

Dia 15 deste mês, o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) lançou, na cidade, a edição especial do Passaporte Verde para os Jogos Olímpicos de 2016. Essa será uma das ferramentas usadas como forma de estimular o consumo consciente de turistas e a produção sustentável do setor de turismo.  A campanha foi criada durante a Copa do Mundo e ganhou atualizações para as Olimpíadas, agora em parceria com o Comitê Rio 2016.

Por meio de aplicativo gratuito para celular e do site oficial (passaporteverde.org.br), a campanha oferece roteiros ecológicos, nomes de estabelecimentos comerciais que compram de maneira sustentável, que oferecem produtos orgânicos e privilegiam pequenos produtores, além de dicas práticas para os viajantes.

“Viajar pegando leve na mala, menos peso no carro, no ônibus ou no avião gasta menos combustível, evitar voos com escalas”, destacou a gerente-geral de Sustentabilidade, Acessibilidade e Legado do Comitê Rio 2016, Tânia Braga em entrevista a Agência Brasil.

A representante do escritório do Pnuma no Brasil, Denise Hamú, disse que redes de hotéis, agências de turismo e restaurantes já aderiram à campanha para implementar medidas sustentáveis. “Os empreendedores identificam soluções e definem suas metas, como redução de resíduo, de consumo de água e energia”, disse. Os estabelecimentos e os compromissos serão divulgados, bem como as metas estipuladas por cada parceiro. O Pnuma é a agência do Sistema das Nações Unidas (ONU) responsável por promover a conservação do meio ambiente e o uso eficiente de recursos para o desenvolvimento sustentável.

A iniciativa, durante os jogos olímpicos, estimulará os usuários através da criação de metas ao participarem de eventos como forma de cumpri-las. Todas voltadas à preservação do meio ambiente.