O programa Visão Rio 500 quer ouvir sonhos para construir a cidade do futuro

Transformar a cidade em uma referência na indústria de TI, fomentar a cultura e o empreendedorismo nas escolas técnicas, novas praças, novos teatros...

Esses são alguns dos sonhos recorrentes da população carioca, e todos estão cadastrados na plataforma online Visão Rio 500. Assim a prefeitura poderá avaliar e inserir aqueles aprovados por votação no planejamento estratégico para os próximos 50 anos da cidade. O Visão Rio 500, programa inaugurado oficialmente pelo prefeito Eduardo Paes na última segunda-feira (17), tem o propósito de discutir o futuro da cidade coletivamente. Apesar de o nome do projeto ser de longo prazo, a iniciativa ajudará também na elaboração de metas e diretrizes de um Plano Estratégico mais imediato.

O governo municipal do Rio aproveitou o aniversário de 450 anos para, além de comemorar, levantar os processos de evolução, analisar as transformações socioeconômicas e culturais que aconteceram nos últimos séculos. As análises são a base para as  discussões coletivas sobre o futuro da cidade.

O “Visão Rio 500 – um olhar para o futuro” ambiciona elaborar diretrizes para o desenvolvimento da cidade nos próximos 50 anos, até o Rio completar seu aniversário de 500 anos, em 2065. Pensado em longo prazo, o projeto também vai formular parte do planejamento das metas e diretrizes que estarão no Plano Estratégico de 2017-2020.

A Praça Mauá costumava ser um local degradado, por isso mesmo, o evento de lançamento do Rio 500 aconteceu lá, pois a revitalização da praça no último ano é símbolo de uma cidade mais integrada.

Planos estratégicos para moldar o futuro

O primeiro Plano Estratégico da cidade, lançado em 2009, representou um grande avanço na forma de administrar o município. Foi a primeira vez que um documento da Prefeitura do Rio fixou metas anuais e objetivas para cada área de gestão do governo. Em 2012, o segundo Plano Estratégico definia novas diretrizes, metas e iniciativas para o período de 2013 a 2016, e visava um patamar ainda mais elevado, com um governo de alto desempenho em termos de qualidade e eficiência, que tinha pela frente o desafio de sediar os Jogos Olímpicos, a primeira edição na América do Sul.

(Foto: Ramon Llorensi/Flickr)

O Plano Estratégico 2017-2020 apresenta mudanças significativas em relação aos outros planejamentos estratégicos da cidade, pois através do Rio 500 será feito um convite para que todos os cariocas contribuam para a construção de um futuro para a cidade nos próximos 50 anos. Trata-se de um debate aberto com a sociedade, fazendo o uso de plataformas colaborativas e rede de instituições parceiras. Formulando, dessa forma, metas regionalizadas e discussão das questões metropolitanas.

O maior diferencial (e potencial) da elaboração deste planejamento estratégico é o processo 100% colaborativo e participativo que acontecerá através da plataforma Visão Rio 500. A ferramenta online convida aos cidadãos que compartilhem os sonhos que gostariam de viabilizar para a cidade. Após as sugestões, haverá uma votação aberta para escolher quais os melhores sonhos. Após isso, as mesmas etapas acontecerão com o cadastramento e votação de projetos.

 

O envolvimento dos cidadãos com o planejamento estratégico da cidade, não se restringe apenas à plataforma online. A expectativa da prefeitura é de que a plataforma funcione como suporte para os encontros presenciais e amplie o debate nas redes. Ao mesmo tempo, serão realizadas pesquisas quantitativas e qualitativas, fóruns regionais, Conselho da Juventude e concurso de redação para buscar envolver os moradores da cidade nas discussões.

Após as fases de engajamento, pesquisa, proposição e participação popular, o documento será lançado em março de 2016, quando se encerram as comemorações oficiais pelo aniversário de 450 anos do Rio.

Diálogos com o futuro

Acontecerá também, entre os dias 18 e 24 de agosto, o ciclo de debates “Diálogos com o futuro”. O evento vai mobilizar especialistas e instituições que desejam construir uma nova visão de futuro para os próximos 50 anos do Rio de Janeiro para discutir os seguintes temas: “Qualidade de vida e Dignidade”, “Sustentabilidade e Resiliência”, “Competitividade e Inovação”, “Território Integrado e Democrático”, e “Igualdade de oportunidades e Cidadania”. Os eventos serão realizados no Centro de Inovação Cisco, na Avenida Presidente Vargas, no Centro entre os dias 18 e 24 de agosto.

(Foto: Adriana Paiva/Flickr)

Assim, tanto a primeira fase do projeto através do Visão Rio 500, como a segunda fase, com a elaboração do Plano Estratégico, apresentam grande potencial. Pois, a iniciativa leva em conta as políticas sociais e econômicas de forma dinâmica e utiliza a realidade tecnológica e conectada que vivenciamos hoje para buscar soluções para o amanhã.

No caminho da Sustentabilidade

Os 6,4 milhões de habitantes do Rio têm também outros motivos para comemorar , uma vez que a cidade maravilhosa vem aumentando seu palco para iniciativas de mudança, como o Rio Resiliente, lançado no início deste ano pela Prefeitura. O WRI Brasil | EMBARQ Brasil foi parceiro do projeto ao debater pontos essenciais à construção do plano.

Saiba mais sobre a parceria entre WRI Brasil | EMBARQ Brasil e a cidade do Rio de Janeiro.

E você, já cadastrou o seu sonho para o Rio de Janeiro do futuro?