Google vai mapear o potencial de energia solar das casas através do Google maps

Em breve, fazer a pergunta acima para o buscador do Google apresentará respostas muito mais práticas. Isso porque a empresa decidiu unir algumas de suas principais ferramentas para criar o Project Sunroof, seguindo na missão traçada de melhorar as cidades através da tecnologia.

Neste ano, o Google lançou o Sidewalk Labs e, recentemente, fez uma parceria entre o Google Earth Outreach e a Aclima, empresa de San Francisco que trabalha com o desenvolvimento de tecnologias ambientais, para entender melhor a qualidade do ar das cidades. Para isso, equiparam carros do Google Street View com sensores capazes de monitorar a concentração de poluentes atmosféricos.

Visando a sustentabilidade

A nova ferramenta, apresentada nesta segunda (17), mostra aos habitantes as vantagens de instalar painéis solares nos telhados e quanto economizariam com isso. O funcionamento básico acontece através do Google Maps e tem a intenção de ajudar a diminuir o consumo de energia vinda de combustíveis fósseis. O Google vai mapear a quantidade de sol nos telhados das casas e prédios e deixar esses dados disponíveis para os moradores.

(Imagem: Google/Reprodução)

A estimativa de luz solar leva em conta parâmetros como o ângulo do telhado, e os obstáculos que apresentam sombras, como outras construções, chaminés e árvores. O cálculo realizado, então, explicita quantos painéis serão necessários e qual o impacto disso na conta de luz – e onde achar tais painéis. A viabilização econômica da ferramenta se dá através do contato que o Google estabelece com as empresas de painéis solares, que devem pagar ao Google para aparecer na plataforma.

Confira o vídeo que explica o processo em detalhes:

 

Por enquanto apenas Boston, San Francisco e Fresno são contempladas com o projeto, mas o Google assevera que a ideia é estender o programa para outros locais dos Estados Unidos em breve. Sobre outros países, para nossa tristeza, ainda não há previsão. Que seja logo!