Nossa Cidade: quatro aplicativos para ciclistas

O projeto Nossa Cidade, do TheCityFix Brasil, explora questões importantes para a construção de cidades sustentáveis.

A cada mês um tema diferente.

Com a colaboração e a expertise dos especialistas da EMBARQ Brasil, as séries trazem artigos especiais sobre planejamento urbano, mobilidade sustentável, gênero, resiliência, entre outros temas essenciais para um desenvolvimento mais sustentável de nossas cidades.

 

 

Quatro aplicativos para ciclistas 

Podemos estar almoçando, correndo para se exercitar ou para não perder o ônibus, parados em um grande engarrafamento, pedalando ou dormindo; os apps não param de surgir – e revolucionar (ou, no mínimo, facilitar) a maneira como realizamos cada uma de nossas atividades cotidianas.

A primeira loja de aplicativos, a App Store da Apple, foi lançada em 2008 e cinco anos depois ultrapassou a marca de 50 bilhões de downloads. Tais números simbolizam a mudança mercadológica e o impacto social que esse novo formato de software traz. Enquanto deslizamos os polegares pelas telas de nossos smartphones, sequer notamos como utilizar aplicativos é cada vez mais recorrente. Segundo o diretor do documentário App: The human story, Jedidiah Hurt, “apesar do aspecto trivial de alguns apps, nossos softwares dizem muito sobre quem somos”.

Buscando alternativas entre pedaladas

Ciclistas são pessoas resilientes e positivas, pois ainda que as adversidades sejam muitas, há um esforço coletivo para buscar meios de solucionar cada um dos problemas. Procurar rotas alternativas e conhecer a estrutura e o fluxo de trânsito de cada avenida em diferentes horários do dia são algumas das atitudes tomadas. Conversar com ciclistas mais experientes para saber quais zonas da cidade devem ser evitadas é outra atitude recorrente entre ciclistas de primeira viagem.

A tecnologia, portanto, entrou na rotina (e no bolso) do ciclista atento. Seja para evitar os percalços que algumas rotas apresentam, monitorar treinos, calcular o consumo de calorias ou a distância dos trajetos percorridos. Por isso elaboramos esta lista de quatro aplicativos que podem facilitar a vida do ciclista urbano.

1. BikeOn

O aplicativo nasceu em Porto Alegre, após um casal de ciclistas formado por um britânico e uma gaúcha notarem a insegurança de dividir a rua com carros e ônibus. Ainda em fase de desenvolvimento, o app pretende engajar mais pessoas a se tornarem ciclistas, e ajudar a comunidade local a trabalhar ainda mais junta para melhorar sua rotina sob duas rodas. Ele permitirá buscar a melhor rota para chegar onde se deseja, mapear pontos de roubo e acidentes, obras, oficinas, bicicletários e trânsito intenso. Dessa maneira, pretende proporcionar maior segurança e rapidez nos trajetos diários e gerar dados úteis de mobilidade urbana para as cidades.

O BikeOn está buscando ciclistas para participarem do primeiro teste do aplicativo que acontecerá em outubro. Inscreva-se aqui para ser um beta tester.

2Strava

O app é considerado um dos mais famosos entre os ciclistas. O aplicativo serve basicamente para monitorar dados comuns das pedaladas, como, por exemplo a distância percorrida, velocidade média e salvar trajetos. Além disso, possui o atrativo de permitir aos utilizadores acesso aos próprios recordes pessoais, assim como o de terceiros – mesmo de ciclistas profissionais – para incentivar a pedalada através de uma espécie de competição. Funciona assim: através do GPS do smartphone, o aplicativo coleta dados do exercício como velocidade, altimetria do terreno, tempo percorrido ao mesmo tempo em que armazena os dados do trajeto. Quando o exercício termina, o ciclista pode fazer upload dos dados e compartilhar nas redes sociais.

Entretanto, a lógica de incentivo para o exercício através da competição pode ser controversa. Há o caso de um ciclista que morreu tentando superar o próprio recorde. A empresa que desenvolveu o aplicativo está sendo processada pela família.

3. Bike Repair

Saber reparar problemas corriqueiros de suas bicicletas é uma preocupação constante de todo ciclista. O app Bike Repair pretende ser como um mecânico de bolso. Possui cerca de 64 fotos e 85 guias  explicando passo a passo como ajustar a bike, regular câmbios, freios, trocar os pneus, consertar a câmera de ar, substituir diversas peças.

Um aplicativo brasileiro que fornece um serviço parecido é o recentemente lançado Sr. Fix.

4. Bicicletando

O Bicicletando é um app que funciona como ferramenta social. Desenvolvido para conectar ciclistas urbanos e encorajar os recentes adeptos da bicicleta como meio de transporte. Algumas de suas funcionalidades são: contador de km e de economia de CO2, mapeamento de rotas mais pedaladas, fábrica de posts para compartilhamento nas redes.

Um dos principais atrativos é o chamado Clube Carbonus, onde através do aplicativo a pessoa pode trocar os kg de CO2 que poupou em suas pedaladas por vale-compras nas marcas parceiras do app.

***

Esperamos que continuem surgindo aplicativos e tecnologias diversas que nos ajudem a tornar a vida mais segura, sustentável e ecologicamente correta nas cidades em que vivemos. O conceito de Cidades Inteligentes tem como pressuposto cidades que aproveitam a tecnologia para ajudar a solucionar os problemas dos centros urbanos.

 Agora é sua vez: conta aí nos comentários quais aplicativos servem de facilitadores para sua rotina?