Mobilidade em 1 Instante: Competições ciclicamente cotidianas

(Foto: Sergio Trentini)

Um conto sobre a eterna competição diária

Ele limpa as nuvens do céu e dá uma risadinha sempre que alguém sobe em uma bicicleta. O olhar direcionado é certeiro, onipotente e, acima de tudo, competitivo. Separa duas cervejas, escora os braços atrás da cabeça e assiste, com um sorriso no canto da boca, a eterna briga dos ciclistas com pedestres e motoristas de veículos automotores.

Os ciclistas são os anti-heróis favoritos dos filmes cotidianos de Deus. Aqueles pequenos seres apátridas espremidos contra os meio-fios são personagens inusitados e encantadores. Alguns arriscam subir na calçada, onde os pedestres esbravejam contra a tomada de seu espaço. Na rua, buzinas e latarias querem expulsá-los do asfalto. Não há refúgio. É um filme de ação dos melhores.

Aí alguém, em oração ou coisa parecida, avisou que essa era uma reflexão necessária. Santa alma. Começaram a pintar os cantos das ruas de vermelho. Quanta preocupação. Ciclovias, ciclofaixas, ciclo-por-cima-das-calçadas. Foi aí que Deus começou a se divertir ainda mais.

Porque agora os anti-heróis têm direitos, apesar de limitados. Aquela parte pintada na calçada é território ciclístico, não dos pedestres. Mas os pedestres sustentam que já estavam ali muito antes daquelas linhas vermelhas. Os ciclistas dizem que não interessa. Reafirmam que não ocupam muito lugar na rua, não poluem e não representam risco de vida ao próximo. Alguém grita que andam na contramão, não param no semáforo e não usam capacetes. Aí alguém, de capacete, grita que isso é generalização! Um ciclista passa de fones de ouvido, nem prestando atenção a toda discussão. Alguém aponta pra ele enquanto reclama “olha aí, olha aí. Quanta imprudência!”. E assim por diante.

Perto dali, um motorista converte a direita sem ligar o pisca. Perto dali, um motoqueiro cai por ser fechado. Perto dali, alguém sobe no carro já com raiva. Perto dali, Deus se sente satisfeito. “E vocês querendo ver UFC”, pensa. E sorri.

O ciclista de fones de ouvido nem escuta o barulho interminável dos motores que estão no contrafluxo. Preocupa-se apenas em chegar a tempo para ver o final do pôr-do-sol no Guaíba.

***

A série Mobilidade em 1 Instante, do TheCityFixBrasil, é movida pela fotografia. Trazemos imagens que nos inspiram e que permitem uma reflexão sobre a mobilidade e a vida nas cidades. Se você quiser participar, com um texto ou uma fotografia, será muito bem-vindo a bordo! Escreva para nós: contato@embarqbrasil.org