Top 3: os posts mais lidos da semana

3. Tornando as cidades mais seguras através do design

Interseção em São Paulo. (Foto: Mariana Gil/WRI Brasil | EMBARQ Brasil)

As colisões no trânsito atingem 1,28 milhões de pessoas todos os anos. Se melhorias em segurança viária não forem feitas, serão a quinta maior causa de mortes no mundo até 2030. O impacto dessas colisões concentra-se desproporcionalmente nas cidades do mundo em desenvolvimento, onde ocorrem 90% de todas as mortes nos países de baixa e média renda. Apenas em São Paulo, mais de 1,3 mil pessoas morrem no trânsito anualmente; em Delhi, Índia, mais de 1,5 mil.

Leia mais →

 

2. Planos de mobilidade: transporte sustentável em 1º lugar

(Foto: Mariana Gil/WRI Brasil | EMBARQ Brasil)

O ano de 2012 marcou uma nova etapa para as cidades brasileiras. Foi quando a Política Nacional de Mobilidade Urbana entrou em vigor, reestabelecendo a configuração do trânsito de pessoas no espaço urbano com o transporte sustentável em primeiro lugar. Pela primeira vez, o país recebeu uma injeção de R$ 30 bilhões advindos do Programa de Aceleração do Crescimento, o PAC, para que mais de 60 cidades tornassem projetos de mobilidade urbana uma realidade e melhorassem a vida da população.

Leia mais →

 

1. Está valendo: São Paulo reduz velocidade máxima permitida

Em dezembro de 2014, centro paulistano teve velocidade limitada a 40 km/h. Medida reduziu 71% das mortes por colisões e atropelamentos. (Foto: Mariana Gil/WRI Brasil | EMBARQ Brasil)

A cidade de São Paulo tomou uma decisão que pode gerar opiniões divergentes e muita polêmica, mas necessária para preservar a segurança de todos nas vias urbanas. A partir de hoje (22/07), está valendo a medida que limita a velocidade a 70 km/h nas Marginais Pinheiros e Tietê, para carros; e 60 km/h para caminhões.

Leia mais →