Rota 55: caminho para ônibus elétricos

(Foto: Electric City/Divulgação)

O transporte é essencial para que as cidades desenvolvam suas atividades econômicas e sociais, para conectar pessoas às oportunidades e para a qualidade de vida. Contudo, a pouca eficiência energética e o mau uso do espaço viário podem torná-lo um grande problema para o desenvolvimento sustentável: a queima de combustíveis é responsável por até 75% da poluição do ar nas áreas urbanas, e é o setor cujas emissões mais crescem.

Uma cidade Sueca está apostando no transporte coletivo de baixa emissão como forma de melhorar esse cenário. Gotemburgo acaba de lançar a Rota 55, que liga Chalmers Johanneberg até Chalmers Lindholmen, passando pelo centro de cidade, abastecida por uma frota de ônibus elétricos e híbridos. Os ônibus são silenciosos, não emitem poluentes e rodam à base de eletricidade de origem eólica e hidrelétrica. A rota desse ônibus está entre as mais modernas do mundo.

À bordo, os veículos, da Volvo, são equipados com wifi e plugues para carregar a bateria.

Os ônibus usam baterias que são rapidamente recarregadas com eletricidade renovável nos pontos finais. A parada de Chalmers Lindholmen tem um terminal fechado, que só é possível porque os ônibus são silenciosos e não emitem poluentes.

A rota de ônibus 55 é resultado da ElectriCity, uma colaboração que desenvolve, testa e demonstra um transporte coletivo sustentável novo e atraente para o futuro. Além dos ônibus em si, a ElectriCity desenvolve e testa novos sistemas de paradas de ônibus, sistemas de gerenciamento de tráfego, conceitos de segurança e sistemas de abastecimento de energia. A nova rota de ônibus elétricos não só coloca Gotemburgo no mapa dos sistemas de transporte público inovadores como também abre novas possibilidades para o planejamento urbano.

“A ElectriCity e a rota 55 são a prova concreta de como Gotemburgo está se transformando em uma cidade mais aberta, densa e sustentável com espaços públicos atraentes e uma vida urbana rica. O projeto também demonstra nossa ambição e estratégia para atrair experiência e investimentos que ajudam a reduzir o impacto ambiental e desenvolver colaboração entre autoridades, indústria e meio acadêmico”, diz Anneli Hulthén (S), diretora do Poder Executivo Municipal de Gotemburgo em release oficial.

(Foto: Electric City/Divulgação)

(Foto: Electric City/Divulgação)

(Foto: Electric City/Divulgação)

(Foto: Electric City/Divulgação)