Compre um carro elétrico e seja recompensado com 10 mil euros

Na França, trocar o carro convencional por um elétrico trará recompensa generosa do governo. (Foto: Éole Wind/Flickr)

Recentes notícias sobre a mobilidade urbana vindas França fizeram sucesso por aqui e nas redes sociais. Nosso colaborador Guilherme Tampieri, que vive na Europa, reportou que é possível ganhar até 55 euros por mês do governo por pedalar. Também mostramos, em janeiro, uma lista com sete cidades que estão trabalhando para banir a circulação dos automóveis de suas áreas centrais, da qual Paris faz parte.

Em mais um esforço para reduzir emissões de gases de efeito estufa (GEE), o governo francês está tomando novas providências. Desta vez, é um incentivo concedido a quem trocar o carro convencional pelo elétrico. O governo vai pagar nada menos que 10 mil euros – 6.300 de um “bônus ecológico” mais 3.700 euros pela troca. Já ara quem optar por um veículo híbrido, o benefício total concedido é de 6,300 euros.

Genericamente falando, a maioria das pessoas dificilmente se sensibiliza pelas questões ambientais a menos que sintam retornos financeiros para transformar hábitos e padrões de consumo. O incentivo econômico, nesse sentido, pode ter potencial para atrair os compradores de carros para uma energia limpa e de menos impacto ambiental. Isso é essencial porque o setor de transportes é responsável por 22% das emissões globais atreladas ao consumo energético, tornando-se uma das principais fontes emissoras. Em decorrência disso, a poluição do ar gera sérias consequências ao meio ambiente e à saúde humana em todo o mundo.

Recompensar quem opta por tecnologias mais eficientes pode não ser uma solução viável nem definitiva, por isso é importante que as cidades combinem políticas públicas, infraestrutura e ações que promovam o transporte sustentável e gerem resultados práticos e mensuráveis. Recentes exemplos disso são as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, que conquistaram o prêmio “Sustainable Transportation Award 2015” por seus projetos que estão requalificando a mobilidade urbana local.

Fonte: Tree Hugger