Novo aplicativo calcula as emissões pessoais e ajuda o usuário a fazer escolhas mais sustentáveis

Changers CO2 Fit: aplicativo calcula as emissões pessoas para estimular escolhas de transporte mais sustentáveis (Foto: Mariana Gil/EMBARQ Brasil)

Os padrões atuais de urbanização têm um custo alto. O setor de transportes representa 23% das emissões de gases do efeito estufa relacionados à energia, e o uso do carro como meio de transporte individual é o fator que mais contribui para o cenário. No Rio de Janeiro e em São Paulo, o custo com os congestionamentos resultantes foi de 98 milhões de reais só em 2013. Diante disso, cabe a escolha: podemos continuar dependentes do carro e de cidades construídas para ele ou podemos optar por meios mais sustentáveis.

Para fazer escolhas melhores em termos de transporte, é preciso saber a quantidade de CO2 emitida pelo modal que utilizamos, seja carro, bicicleta ou ônibus, para então poder compará-la com outras opções viáveis. Um novo aplicativo lançado pela Changers, o Changers CO2 Fit, é capaz de calcular as emissões de CO2 geradas ou evitadas pelo meio de transporte utilizado pelo usuário. Os resultados de cada deslocamento são registrados, e as emissões evitadas são recompensadas com as Recoins, a moeda verde do aplicativo. Cada quilômetro percorrido de bicicleta, por exemplo, equivale a uma Recoin.

Com o Changers CO2, os usuários também podem adquirir certificados climáticos que podem servir como compensação para deslocamentos feitos em modais com níveis mais altos de emissões. É uma maneira de contribuir pessoalmente para a mudança, diminuindo o próprio índice de emissões de CO2 per capita – a média brasileira é de 2,4 toneladas por pessoa por ano.

Disponível para os sistemas Android e iOS, o aplicativo permite que os usuários compitam uns com os outros em qualquer parte do mundo. A ideia é estimular as pessoas a fazerem escolhas mais sustentáveis, tornando a luta pela diminuição das emissões uma causa pessoal.

(Fonte: TreeHugger, Changers)