Me gusta! Venda de bicicletas supera de carros na Espanha

(Foto: Claudio Olivares Medina)

A magrela está virando a queridinha dos espanhóis. Pelo segundo ano consecutivo na Espanha, as bicicletas estão ultrapassando os carros em unidades vendidas: foram um milhão contra 722.703. Além da popularidade, o meio de transporte está se mostrando um negócio bilionário: nada menos que 1 bilhão de euros foi movimentado por esse mercado.

O que acontece na Espanha é reflexo de toda Europa, especialmente em meio à crise econômica. Será essa a razão do decrescimento do carro? A Associação de Marcas de Bicicletas da Espanha (AMBE) sugere que sim, pois nos últimos cinco anos, enquanto o comércio de carros caiu, as vendas de bikes aumentaram uma média de 10%. No gráfico abaixo, da NPR, a comparação entre as vendas de bicicleta e automóvel mostra a Espanha com menor disparidade. No entanto, se o número passou de 780 mil em 2012 para 1.034.374 magrelas em 2013, vemos algo muito positivo acontecendo com o passar do tempo para esse mercado.

Qual o papel da bicicleta? O movimento sobre duas rodas pode ser feito como forma de deslocamento, lazer ou esporte. Na Espanha, o terceiro ainda responde por 63% das vendas. Mas as bikes urbanas estão despontando com 7%, e as elétricas, 1%. As pessoas também estão usando mais a magrela para ir ao trabalho. Entre 2008 e 2011, o índice desses usuários subiu de 6,8% para 11,9%.

Um fator muito importante para incentivar a pedalada é a infraestrutura. Um bom exemplo vem de sua capital, Barcelona, que em cinco anos modificou o sistema viário para apoiar os ciclistas. São 150km de ciclovias numa rede por toda a cidade. Se todo o país convergir a este foco, certamente pessoas pedalando e comprando bicicletas pode crescer ainda mais.

Com informações do El País.