Como o trânsito atrapalha a produtividade no trabalho

O trânsito é uma das principais causas de estresse no meio urbano. A bicicleta pode ser uma alternativa para chegar ao trabalho de forma mais saudável e ter um expediente mais tranquilo (Foto: Justin Swan/Flickr)

O trânsito desgasta a mente de qualquer profissional a caminho do trabalho, independentemente de ele optar por transporte público, moto ou carro.

Por redação Mundo Carreira

Quem mora em uma cidade como São Paulo, uma metrópole, sabe o quanto o trânsito é capaz de atrapalhar a produtividade no trabalho, já que a fadiga faz o profissional se concentrar menos e, consequentemente, produzir abaixo do esperado. Pensando nisso, muitas empresas optam por contratar funcionários que morem relativamente perto do local de trabalho, uma vez que o curto deslocamento não afetará tanto o psicológico do funcionário e ele atuará de forma mais tranquila durante o dia. Porém, nem sempre isso é possível, principalmente nos cargos mais altos.

É verdade que tráfego pesado, longos trajetos, superlotação e excesso de buzinas causam estresse. Depois de um deslocamento muito longo, nem sempre a pessoa está disposta ou de bom humor, podendo haver, além disso, dores lombares, no pescoço, ombros, dores de cabeça, nas pernas e pés.

Há também quem necessite utilizar ônibus, metrô e trem para chegar ao trabalho, e essa maratona diária costuma desgastar até mesmo os mais calmos. Para que nada saísse do esperado, o ideal seria que as autoridades investissem mais na qualidade dos transportes públicos, mas, enquanto isso não acontece, podemos tentar relaxar antes de iniciar o expediente, seja tomando uma xícara de café ou lendo o jornal. É fundamental ter alguns minutos para descansar e esquecer a loucura do trânsito intenso e o nervosismo isso possa ter causado.

Um bom exemplo de investimento nos transportes é o Vale do Silício, nos Estados Unidos. A região, berço das inovações tecnológicas e de grandes empresas pontocom, aposta no transporte público eficiente e em ruas preparadas para bicicletas. Os profissionais podem ir até de skate ou patinete para o trabalho.

Levar mais de duas horas para chegar ao trabalho é bastante desgastante, mas nem sempre podemos escolher onde atuar. Então, algumas dicas podem tornar o seu tempo perdido no congestionamento um momento de aprendizado ou relaxamento:

  • Aproveite o trânsito carregado para estudar;
  • Ouça músicas relaxantes;
  • Opte pela carona solidária e divida esse tempo com um amigo que também está nesta situação diária;
  • Crie brincadeiras ou jogos para passar o tempo de maneira mais agradável;
  • Organize o porta-luvas, entre outras dicas.

Se possível, após a jornada de trabalho, pratique exercícios físicos. A tensão pela espera para chegar ao destino não é saudável para o corpo, e, por isso, é interessante praticar alguma modalidade esportiva que o faça descarregar todo o estresse. O transporte público é uma saída para quem não quer se aborrecer em demasia, principalmente se você tem acesso fácil a metrô, ônibus ou trem. A bicicleta também é uma alternativa, pois você aliará o transporte à prática de exercício. Essa junção fará bem ao corpo e alma, mas tenha cuidado ao sair pelas ruas das grandes cidades, até porque prudência é essencial.