Lançado edital do Concurso 3 Estações

Equipes da EMBARQ Brasil e USP Cidades durante o lançamento oficial do concurso. (Foto: Mariana Gil / EMBARQ Brasil)

Atenção, arquitetos e urbanistas: o Concurso 3 Estações, uma parceria entre EMBARQ Brasil (produtora deste blog) e USP Cidades com apoio da Plataforma Conexões Rio Pinheiros, teve seu edital de abertura lançado nesta manhã durante o seminário A Nova Economia da Mobilidade, que está acontecendo hoje em São Paulo. O desafio é criar soluções em desenho urbano e acessibilidade com base nos princípios do design ativo nos entornos das estações Vila Olímpia, Berrini e Santo Amaro, que juntas respondem pelo transporte de 30% dos usuários da Linha 9 da CPTM. Como prêmio, os vencedores – os quais serão conhecidos no dia 2 de dezembro – irão para Nova York conferir in loco as intervenções urbanísticas feitas na cidade, bem como reunir-se com os especialistas que desenvolveram tais soluções.

“Este é um concurso de ideias que pode culminar em parcerias e bons resultados para a região”, disse Maria Tereza Diniz, do USP Cidades, que apresentou a iniciativa junto a Paula Manoela dos Santos da Rocha, coordenadora de projetos de transporte e acessibilidade da EMBARQ Brasil. As especialistas explicaram que o objetivo é instigar o debate não apenas sobre o que vislumbramos para o desenho urbano, mas também pode estimular empresas e pessoas físicas a melhorarem suas próprias calçadas, por exemplo, para uma utilização mais proveitosa do espaço urbano.

O conceito do design ativo foi elaborado para que as pessoas andem mais, sejam mais ativas, usem mais os espaços para promover a saúde da população. Maria Tereza instigou, então, os futuros participantes do concurso a pensarem: “como adequar espaços urbanos para promover seu uso alinhado a esta visão? Os desenhos podem pensar, além disso, questões como espaços iluminados, sem sombras, sem perigo à vida do pedestre. É o uso multidisciplinar do ambiente urbano”, explicou.

O concurso é fruto de um diagnóstico de microacessibilidade na região das três estações realizado pela EMBARQ Brasil e WRI Brasil. O estudo contemplou um extenso levantamento de dados, incluindo o mapeamento dos fluxos de pedestres e veículos através de contagens. O USP Cidades também promoveu no local o Safári Urbano, cujo intuito foi agregar informações de diferentes naturezas ao desafio do tráfego de pedestres do local. Com metodologias reunidas a partir da experiência de Nova York com o Active Design e do trabalho de medições do conforto urbano e da poluição atmosférica, realizadas pelo LABAUT/FAUUSP e pelo Laboratório de Poluição de Atmosférica da Faculdade de Medicina da USP, o Safári agregou as medições ao diagnóstico realizado pela EMBARQ Brasil, resultando em um levantamento multidisciplinar sobre a qualidade dos deslocamentos a pé na região. Os resultados destes estudos são as bases para a elaboração das propostas do concurso, disponíveis na página oficial do concurso.

O Concurso 3 Estações é direcionado a arquitetos e urbanistas, bem como a escritórios do setor. A partir de hoje, interessados devem entrar na página do concurso, fazer um cadastro e acessar as bases do concurso, com todas as diretrizes e informações necessárias aos participantes.

Acompanhe, no site, a cobertura completa do seminário A Nova Economia da Mobilidade. Também é possível conferir atualizações no Facebook e no Twitter da EMBARQ Brasil, ou pela hashtag #ViradaDaMobilidade.