Nova Delhi quer suas ruas de volta

Raahgiri Day, na Índia: iniciativa promove a ocupação das ruas pelas pessoas (Foto: Enrico Fabian/Washington Post)

Em 2013 mais de 130 mil pessoas morreram no trânsito indiano. Desse total, pelo menos metade foram mortes de pedestres e ciclistas. Rahul Kansal, presidente executivo do jornal Times of India, atesta: “Caos e claustrofobia agora definem nossos espaços urbanos. São ruas que as pessoas temem até mesmo atravessar”.

Mas em Nova Delhi moradores estão tomando de volta o espaço dessas ruas. A iniciativa Raahgiri Day, termo híndi para “chefe da rua”, é uma nova campanha que bane os carros da área central da cidade por algumas horas todos os domingos. São momentos em que milhares de pessoas vão à rua para caminhar, correr, dançar, andar de bicicleta, praticar ioga ou outras atividades físicas, jogar com os amigos ou simplesmente curtir um passeio ao ar livre.

No lugar normalmente ocupado pelos carros, as crianças encontraram espaço para brincar (Foto: Enrico Fabian/Washington Post)

O movimento é o reflexo de uma cidade onde os moradores sentem diariamente a falta de espaços públicos e áreas de lazer e sofrem em meio a um trânsito caótico e calçadas precárias. O Raahgiri, ainda que por períodos breves, traz de volta às pessoas a sensação de poder caminhar sem medo nas ruas de sua cidade.

As manhãs de domingo em casa ou em frente à TV foram substituídas por caminhadas e atividades ao ar livre. A iniciativa levou as pessoas para a rua, muitas delas, e parece ter despertado nos indianos o gostinho de quero mais: ao longo do próximo ano, outras cidades do país devem aderir ao movimento. Para que mais e mais manhãs de domingo sejam de pessoas usufruindo o espaço que é delas em essência: a rua.

Fonte: Washington Post