Joinville avança em seu plano de mobilidade urbana

Imagem aérea do trânsito Joinville, resultado do mapeamento realizado pelo Ippuj (Foto: Rogério da Silva /SECOM)

Nesta quarta-feira (16), o município de Joinville recebe a segunda edição do workshop ‘Do PAC ao Plano’, promovido pela EMBARQ Brasil (produtora deste blog), em parceria com a LARCI Brasil (Iniciativa Clima para América Latina) e Fundação Alcoa. O encontro é organizado pela Fundação Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Joinville (IPPUJ) e conta com o apoio da Prefeitura de Joinville e da Universidade Federal de Santa Catarina.

Durante dois dias, cerca de 50 pessoas, entre elas técnicos do governo, representantes da iniciativa privada e diversos especialistas em mobilidade urbana, discutirão os próximos passos do Plano de Mobilidade de Joinville (PlanMOB), entre eles a mitigação de riscos, os projetos viários e a escolha do nome do novo sistema de  ônibus BRT (Bus Rapid Transit), que deverá ser batizado seguindo a estratégia de Belo Horizonte (Move), Rio de Janeiro (Transcarioca, Transoeste) e Brasília (Expresso DF).

O prefeito de Joinville, Udo Döhler, abriu oficialmente os trabalhos, agradecendo a participação de todos para a conclusão do plano, que já levantou, somente no mês de julho, informações de oito subprefeituras do município através de consultas públicas. Além disso, foram distribuídos mais de 20 mil formulários para tentar descobrir quais são os principais gargalos no transporte.

Abertura do 2º Workshop ‘Do PAC ao Plano’ em Joinville (Da esq. para a dir.: Luis Antonio Lindau, diretor presidente da EMBARQ Brasil; o prefeito de Joinville, Udo Döhler; e o presidente do IPPUJ, Vladimir Constante – Foto: Filipe Costódio/EMBARQ Brasil)

Segundo levantamentos da prefeitura, a frota atual de carros e motos em Joinville é composta por 350 mil, o equivalente a 1,5 veículo por habitante com carteira de habilitação. A fase de consulta coletiva do PlanMOB deve encerrar no dia 17 de novembro deste ano, com uma audiência pública geral. A previsão é de que o plano final seja encaminhado à Câmara de Vereadores de Joinville no inicio de dezembro. Para saber mais sobre o plano acesse o site do IPPUJ.

Oportunidade para a cidade

A parceria entre a Prefeitura de Joinville e a EMBARQ Brasil foi iniciada em maio, com a assinatura do Termo de Cooperação Técnica e o primeiro workshop ‘Do PAC ao Plano’, que apresentou as  principais diretrizes que a cidade precisa seguir para colocar em práticas seus projetos de transporte e mobilidade urbana. A verba de R$ 400 milhões será destinada pelo governo federal, dentro do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC-2) . A prefeitura tem até abril de 2015 para apresentar o projeto de mobilidade urbana para garantir o financiamento.