Helsinque: repensando a mobilidade

Helsinque: cidade quer acabar com a dependência do carro até 2025 (Foto: Claudio Alejandro Mufarrege/Flickr)

No início deste ano, Hamburgo anunciou a ambição de estar livre dos carros em até vinte anos.

Hoje, junta-se à cidade alemã a capital finlandesa, Helsinque, que quer acabar com a dependência dos carros até 2025. Como? Fortalecendo o transporte coletivo! A cidade quer tornar o transporte público eficiente a ponto de fazer com que os moradores não sintam vontade de se locomover de outra forma.

De acordo com informações do jornal britânico The Guardian, o objetivo de Helsinque é transformar o transporte coletivo em uma estrutura mais personalizada e prática, com integração entre os diferentes modais e informações sobre horários e itinerários acessíveis aos passageiros via celular.

Mais do que isso: espera-se que a tecnologia, além de informar, permita que os moradores solicitem a parada dos coletivos fora dos pontos quando necessário. Ideia que já vem sendo testada atualmente, com um serviço de micro-ônibus. Por meio do mesmo aplicativo, a população deve ter acesso e possibilidade de pagar por outros serviços, como táxis, bicicletas e carros de aluguel.

O objetivo não é banir os carros, mas repensar a mobilidade. Abandonar o vício de uma rede de transportes construída quase inteiramente ao redor dos carros que, hoje, se torna cada vez mais obsoleta diante das expectativas de uma nova geração. A iniciativa de Helsinque mostra que algumas cidades no mundo já estão de fato repensando a mobilidade urbana.

Fontes: The Guardian, Ciclo Vivo