Prêmio Virada Sustentável destaca 70 nomes para premiação em SP

São Paulo em movimento. (Foto: Bruna Vieira Silva)

Todo dia muita gente trabalha para que as nossas cidades tenham um futuro mais sustentável. Essas pessoas são o destaque do 2º Prêmio Virada Sustentável que premiará dois entre 70 nomes de atores que estão ajudando a transformar o futuro de São Paulo. A premiação ocorre em parceria com o site Catraca Livre.

A escolha dos nomes, feita pelos membros do Conselho Curador e pela equipe de organização da Virada, é resultado da avaliação de trajetória de cada pessoa indicada ao prêmio. Foram levados em consideração o conjunto do trabalho de cada um e como suas atuações impactam positivamente a cidade de São Paulo, transformando-a em um espaço de convívio, mais alegre, diverso, civilizado e sustentável – um lugar de direitos.

A votação está aberta no site Catraca Livre.  No final, dois nomes da lista serão escolhidos, um eleito por voto popular e outro eleito por um júri específico formado pelo Conselho Curador da Virada Sustentável. Os dois escolhidos receberão um troféu e menção honrosa durante a cerimônia de abertura da Virada, que acontecerá no dia 27 de agosto, na praça Victor Civita.

Além da premiação, as 70 pessoas indicadas participarão do “Conta Aí” –uma série de bate-papos, onde cada um poderá relatar sua estória pessoal, de vida e trabalho. As rodas de conversa acontecerão em diversos pontos da cidade durante a programação da Virada, entre os dias 28 e 31 de agosto.

Rachel Biderman, fundadora do FGVCes e diretora do WRI Brasil, está entre os indicados. Clique aqui para votar!

Etapas do prêmio 

De 10 de julho a 30 de julho – seleção dos 10 (dez) nomes mais votados de toda a lista
De 31 de julho a 11 de agosto – eleição por voto popular* de um nome entre os 10 mais votados
Dia 14 de agosto – divulgação do premiado pelo Voto Popular
Dia 15 de agosto – divulgação do premiado pelo Conselho Curador da Virada

**Cada pessoa poderá votar uma vez em seu nome preferido a cada 24 horas.

Confira os indicados:

1. Ana Dulce Maraschin: matriarca e fundadora do Movimento Parque Augusta.

2. Alexandre Cabral: diretor da União de Moradores e do Comércio de Paraisópolis e idealizador da BECEI – Biblioteca de Paraisópolis São Paulo /SP.

3. Ana Flávia Borges Badue: educadora ambiental e representante do segmento dos consumidores na Comissão de Produção Orgânica do Estado de São Paulo e Instituto Kairós.

4. Anderson Maurício: diretor de teatro, ator e cocriador da Trupe Sinhá Zózima.

5. André Deak: jornalista, diretor do Liquid Media Laab, coordenador do site Jornalismo Digital.org e da iniciativa Arte Fora do Museu.

6. André Gravata: jornalista e escritor do livro “Volta ao mundo em 13 escolas – sinais do futuro no presente” e parte doColetivo Educação.

7. Anielle Guedes: empreendedora Social e embaixadora do Womens@Frontier, preside o NEU.

8. Athos Comolatti: presidente da Associação Parque Minhocão.

9. Bia Goll: chef do Otto Bistrot e ativista no Movimento SlowFood.

10. Bianca Lopresti: co-idealizadora do Grupo Barro Molhado.

11. Breno Castro Alves: jornalista, cartógrafo e membro ativo dos coletivos Rede Novos Parques e Movimento Parque Augusta.

12. Bruno Santos: criativista do Atelier Sustenta Capão.

13. Caren Lissa Harayama: paisagista energética e Educadora Ambiental.

14. Cecilia Lotufo:  Cocriadora do Instituto Kairós e do Movimento Boa Praça e Conselheira eleita do Conselho Participativo Municipal e do CADES da Subprefeitura de Pinheiros.

15. Clébio Ferreira (Dedê): arte educador, fundador da Comunidade Cultural Quilombaque.

16. Dagmar Garroux: educadora e fundadora da Casa do Zezinho.

17. Diná Teresa Ramos de Oliveira: articuladora social, trabalha na Coordenação de Promoção do Direito à Cidade, da Secretaria de Direitos Humanos da Prefeitura de São Paulo.

18. Douglas Belchior: professor de história e integrante do conselho geral da UNEAfro Brasil.

19. Edgard Gouveia: fundador do Instituto Elos e do programa Guerreiros sem Armas.

20. Eduardo Giacomazzi: conselheiro da Sociedade do Sol.

21. Eduardo Lyra: empreendedor social e idealizador do Projeto Gerando Falcões.

22. Edward Borgstein: filiado do CBCS e colaborador do projeto “Benchmarking e Etiquetagem Energética Em Uso para Edifícios Não Residenciais”.

23. Evelyn Araripe: jornalista, educadora ambiental, empreendedora social, criadora do oGangorra.

24. Flavia Lemos: correalizadora do Coletivo Ocupe Abrace.

25. Flávio Falcone: psiquiatra, bailarino e palhaço.

26. Glaucia Barros: gerente de projetos da Fundação AVINA.

27. Glaucia Terreo: representante da GRI (Global ReportingInitiative) no Brasil.

28. Guil Blanche: diretor-executivo do Movimento 90o.

29. Guilherme Castagna: coordenador de projetos da Fluxus Design Ecológico, membro do corpo técnico do OIA (O Instituto Ambiental, Petrópolis/RJ).

30. Guilherme Motta Lima: criador do Projeto Lavamos Nós.

31. Isaac Souza Faria: membro do Núcleo de Jovens Políticos e do DOC Fundão.

32. Isabela Maria Gomes de Menezes: articuladora da rede nacional das cidades em Transição -TransitonsTowns.

33. Jeff Anderson: pesquisador e idealizador do Projeto BIOURBAN.

34. João Nascimento: diretor do Instituto Nação, desde 2006 coordena o grupo Treme Terra.

35. João Pedro Cilli David: arquiteto urbanista e sócio do Incriatório.

36. Jorge Ifraim: desenvolvedor da forma colaborativa a elaboração do Plano de Bairro de Santana.

37. Júlio Avanzo: biólogo e Permacultor da Casa Jaya, Muda-SP e Reciclowns.

38. Laura Sobral: ativista do Movimento A Batata Precisa de Você e sócia da MUDA.

39. Leonardo Borges: idealizador e gestor responsável da Rede Autossustentável.

40. Leticia Sabino: idealizadora do SampaPé.

41 Lincoln Paiva: presidente da Green Mobility e do Instituto Mobilidade Verde, idealizador dos Parklets.

42. Luciano Corta Ruas: artista plástico e curador do Estúdio Lâmina. Ativista da Ocupação Cultural/Ouvidor 63.

43. Lucila Lacreta: urbanista e diretora-executiva do Movimento Defenda São Paulo.

44. Luis Vasquez: presidente da Associação de Empreendedores Bolivianos da Rua Coimbra / ASSEMPBOL.

45. Marcelo Rosenbaum: designer inspirado nos valores da brasilidade. Idealizador do conceito Morar.

46. Marcio Stanziani: secretário executivo da Associação de Agricultura Orgânica.

47. Marcos Abranches: bailarino, coreógrafo e fundador do Grupo Vivadança SP.

48. Marcus Nakagawa: idealizador e presidente do conselho deliberativo da Abraps – Associação Brasileira dos Profissionais de Sustentabilidade.

49. Maria Vilani: professora, articuladora cultural do Grajaú e mãe do cantor Criolo.

50. Marília Fanucchi: bióloga e mestre em Engenharia Ambiental.

51. Mauro Neri: agente e ativista do Coletivo Imargem.

52. Nina Liesenberg: coordenadora de comunicação da Matilha Cultural.

53. Nuno Coelho: coordenador Geral da APNs – Agentes de Pastoral Negros do Brasil.

54. Oriana Jara Maculet: diretora ONG Presença da América Latina-PAL.

55. Oswaldo Oliveira: economista e idealizador do Laboriosa 89.

56. Paulinho Fluxus: artista multimídia, iluminador e ativista da rede Tanq_ Roza Choq_ e da ocupação do CANiL_ Espaço Fluxus de Cultura na USP.

57. Peter Webb: idealizador de trabalho que une Permacultura e Budismo Tibetano.

58. Rachel Biderman: fundadora do FGVCes.

59. Rafael Victor Bordon: articulador da Jova Rural e Projeto Povo Brasileiro.

60. Raimundo Paiva Nóbrega: engenheiro e ativista do Movimento Boa Praça.

61. Raquel Rosenberg: idealizadora e Presidente da ONG Engajamundo.

62. Regina Esteves: presidente executiva da Comunitas.

63. Renata Falzoni: fotógrafa, videorrepórter, bike repórter e cicloativista.

64. Rodrigo Bruno Lima: ativista do movimento de defesa dos Saberes Populares, da Casa de Cultura Mestre Ananias e do movimento de ocupação das ruas.

65. Rodrigo Rubido Alonso: cofundador do Instituto Elos.

66. Suzana Prizendt: coordenadora da Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos no estado de São Paulo.

67. Tatiana Ivanovici: jornalista e diretora da rede Do Lado de Cá.

68. Thiago Alixandre: cofundador do Coletivo O12.

69. Antonio Marcos Pires Gil: artista circense, músico, empreendedor. É editor da revista Palco Aberto e um dos ocupantes do Circo no Beco.

70. Toddy: cofundador do Grupo OPNI.