Os novos dados sobre sistemas BRT no mundo

O BRTData.org, banco de dados global dos sistemas BRT (Bus Rapid Transit) e faixas de ônibus no mundo, acaba de ser atualizado e reflete o engajamento das cidades pelo mundo em prover sistemas de transporte de massa de alta capacidade. Chega a 180 o número de municípios que contam com as vias dedicadas para ônibus, 12 a mais do que na última atualização. Com isso, há um total de 4,668 km de corredores que beneficiam mais de 31 milhões de pessoas por dia.

(Fonte: BRTData.org)

O BRT, sistema de transporte coletivo que cresce rapidamente no mundo (conforme a figura 2, é um modal flexível, que combina estações, veículos, serviços, corredores exclusivos e elementos do sistema inteligente de transporte em um sistema integrado. Quem ganha com ele, é claro, são as pessoas. Ao dedicar vias exclusivas, evita-se o congestionamento, distâncias são aproximadas e as pessoas ganham mais tempo e saúde. Entre os grandes benefícios gerados pelo BRT, além dos citados, estão a redução de emissão de gases do efeito estufa, a segurança no trânsito e o incentivo à atividade física. Saiba mais.

As novas cidades a contar com seus sistemas são:

·         Belém, Brasil

·         Belfort, Cannes, Châlon-sur-Saône, Evry and Metz, França

·         Chiayi, Taiwan

·         Fareham-Gosport, and Runcorn, Reino Unido

·         Guadalupe and Nezahualcoyotl, México

·         Liege, Bélgica

·         San Bernardino, Estados Unidos

(Fonte: BRTData.org)

Você sabia?

O Brasil é o país pioneiro na implantação do BRT, idealizado pelo arquiteto e urbanista Jaime Lerner. Um sistema que começou em Curitiba, em 1974, hoje está presenta em 180 cidades, que têm, juntas, 363 corredores ou faixas exclusivas. Só no Brasil, são 114, cerca de um terço do total, que inclusive beneficiaram a mobilidade urbana durante a Copa do Mundo.

Sistema BRT em Curitiba, Paraná. Modelo foi idealizado por Jaime Lerner (Foto: Mariana Gil/EMBARQ Brasil)

Sobre o BRTData.org

Lançado há cerca de dois anos, o site foi desenvolvido a partir de uma parceria entre quatro organizações globais: Centro de Excelência BRT – Across Latitudes and Cultures (ALC-BRT CoE) e pela EMBARQ, o centro de transporte sustentável do WRI, em colaboração com aAssociação Latino-Americana de Sistemas Integrados e BRT (SIBRT) e a Agência Internacional de Energia (IEA).

O BRTData.org visa ampliar o acesso da comunidade de transporte sustentável aos dados sobre BRT e corredores de ônibus em operação no mundo. A plataforma fornece um repositório conveniente de dados de uma variedade de fontes, incluindo pesquisadores, órgãos de trânsito, municípios e organizações não governamentais.

FIQUE LIGADO: O site passará por uma reformulação e, a partir de setembro, terá uma interface ainda mais intuitiva, moderna e funcional.