Aeromóvel dá início à operação integral. Conheça o modal!

(Foto: EMBARQ Brasil)

O aeromóvel de Porto Alegre foi inaugurado em agosto do ano passado pela presidente Dilma Rousseff. Até então em fase experimental, operando das 6h30 às 16h, o modal já realizou mais de 14 mil viagens e transportou 301 mil passageiros. A partir de hoje, em operação integral, o horário passa a acompanhar também as viagens do trem: das 5h às 23h20h.

A novidade vai beneficiar cerca de 10 mil pessoas que precisam chegar ou sair do aeroporto, sejam funcionários do aeroporto ou passageiros de avião. É que o aeromóvel promove a conectividade entre o Trensurb (que liga Porto Alegre até o Vale do Rio dos Sinos) e o Aeroporto Internacional Salgado Filho. O trajeto de um quilômetro, antes percorrido a pé ou de ônibus, é feito em apenas 90 segundos de aeromóvel.

FUNCIONAMENTO

Por enquanto, a cobrança da passagem (R$1,70) está suspensa. A tarifa começará a ser cobrada a partir do dia 7 de maio no terminal do aeroporto.

Nos dias úteis, o intervalo entre partidas em cada um dos terminais (trem e aeroporto) é de 10 minutos. Aos sábados, os intervalos variam entre 10 (das 7h às 20h30) e 15 minutos (das 5h às 7h e a partir das 20h30). Já nos domingos e feriados, as partidas acontecem a cada 15 minutos.

SAIBA MAIS

(Foto: EMBARQ Brasil)

O aeromóvel é um meio de transporte não motorizado que utiliza veículos leves em via elevada. Por isso, uma de suas principais características é o silêncio.  Sua propulsão é pneumática – o ar é soprado por ventiladores industriais de alta eficiência energética, por meio de um duto localizado dentro da via elevada. O vento empurra uma aleta (semelhante a uma vela de barco) fixada por uma haste ao veículo, que se movimenta sobre rodas de aço em trilhos.

Dados gerais

  • Extensão: 814 metros de trajeto em via elevada (total de 1.010 metros de trilhos, considerando-se terminais de manobra e de manutenção).
  • Terminais: dois (um na Estação Aeroporto da Trensurb, outro no Terminal 1 do Aeroporto Salgado Filho).
  • Veículos: dois (um com capacidade para 150 passageiros e outro para 300).
  • Tempo do percurso total: dois minutos.
  • Investimento: R$ 37,8 milhões. Recursos do Governo Federal.
  • Demanda prevista do sistema: 7,7 mil passageiros por dia.
  • Execução das obras: Aeromovel Brasil S.A. (pacote tecnológico), Premold S.A. (via elevada), T’Trans (veículos) e Rumo Engenharia Ltda. (estações).

Fonte: Trensurb S.A.

(Foto: EMBARQ Brasil)

(Foto: EMBARQ Brasil)

(Foto: EMBARQ Brasil)

Aeromóvel (Foto: Divulgação / Trensurb)