O novo jeito de estacionar em São Francisco

Tecnologia inteligente traz novo fôlego ao trânsito de São Francisco. A lógica é simples: liberar duas vagas de estacionamento por quadra evita voltas desnecessárias, trancando as vias. (Foto: Engadget/reprodução)

Sensores no chão otimizam vagas e calculam preços flexíveis conforme a demanda e a disponibilidade de espaço. (Foto: Peter DaSilva for The New York Times /reprodução DailyTech)

Se andar de carro nos centros urbanos é difícil, imagina estacioná-lo. A busca por uma vaga, além de desgastante, traz sérias consequências para o trânsito, atrapalhando o fluxo do transporte coletivo, dos pedestres, ciclistas e dos próprios carros nas vias. Isso porque 34% dos congestionamentos são causados por pessoas em busca de uma vaga. Mas será que precisamos conviver com essa realidade? Donald Shoup, professor da Universidade da Califórnia (UCLA) e autor do livro The High Cost of Free Parking (O alto custo do estacionamento grátis, em tradução livre), aposta na tecnologia para que a resposta seja não.

Ele propõe um novo modelo de vagas públicas cujo preço é definido conforme demanda e oferta de espaços e horário do dia. A lógica é simples: se tem pouco espaço disponível, o preço sobe. Quando sobram vagas, ele desce. Deste modo, Shoup afirma, sempre haverá de uma a duas posições livres por quadra. Isso evita a circulação desnecessária de carros que carrega o trânsito. Só em Nova York, por exemplo, ao entrevistar motoristas aguardando o semáforo, pesquisadores descobriram que entre 28% e 45% estavam em busca de vagas livres.

A cidade de São Francisco, na Califórnia, acreditou no sistema proposto por Shoup e, com sua ajuda, implantou o SFPark. A tecnologia conta com sensores que rastreiam as vagas livres em tempo real, calculando a tarifa conforme a disponibilidade, em tempo real. Além de proporcionar um novo fôlego para o trânsito, o sistema pode ser consultado pela internet, o que permite uma tomada de decisão mais eficiente na hora de optar por um modal. Ora, se não há vaga, ou o preço é muito alto, por que ir de carro? Desse modo, o SFPark, além de otimizar o uso das vias da cidade, é um planejador de viagens eficiente.

No primeiro momento, como toda medida que possa ferir o que as pessoas consideram como um “direito”, esta forma de cobrança não agradou a população. Três anos se passaram e, hoje, o SFPark é uma iniciativa premiada internacionalmente e reconhecida pela população local como um benefício que tornou a cidade mais transitável para todos.

Informação em tempo real permite saber se há vagas e quanto custam na cidade. Tecnologia auxilia tomada de decisão pelo modal mais eficiente na hora de se locomover na cidade. (Foto: SFPark)

Assista ao vídeo e saiba mais:

SFpark Overview from SFpark on Vimeo.

Fontes: SFPark, Next City e Revista Parking