BRT MOVE supera carro em cinco vezes

Quem opta pelo sistema BRT de Belo Horizonte ganha mais tempo

Passageiros a bordo do BRT MOVE. (Foto: Luísa Zottis/EMBARQ Brasil)

A primeira fase do MOVE, sistema BRT (Bus Rapid Transit) de Belo Horizonte, teve início neste sábado, 8 de março. No primeiro dia útil de operações, o modal demonstra que chegou para impactar significativamente a vida da população. Uma equipe de reportagem local percorreu, ao mesmo tempo, o trajeto do MOVE Cristiano Machado de BRT e de carro e comprovou: o MOVE é cinco vezes mais rápido.

A reportagem do Hoje em Dia escolheu o horário de pico do primeiro dia útil de operações para o teste. Partindo da Estação São Gabriel, na região Noroeste, os jornalistas se dividiram em dois grupos: os que embarcaram no MOVE e os que foram de carro. No trajeto, de 7km, a equipe que foi de BRT chegou até o centro em 20 minutos utilizando a linha 82. Já quem optou pelo carro, levou mais de uma hora. Confira a matéria.

Nesta etapa, 18 veículos articulados com capacidade para 140 passageiros cada operam no MOVE Cristiano Machado em três linhas. A operação completa, prevista para maio de 2014, incluindo o MOVE Antônio Carlos, vai transportar 700 mil usuários diariamente.

O BRT MOVE é resultado do trabalho conjunto entre a Prefeitura de Belo Horizonte e da Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans). A EMBARQ Brasil apoiou a cidade com a concepção, desenho e desenvolvimento do BRT, por meio de uma série de iniciativas para qualificar o projeto.

MOVE na estação Tamoios, no centro. (Foto: Luísa Zottis/EMBARQ Brasil)

SAIBA MAIS SOBRE O MOVE

Os 23 km de corredores exclusivos aos ônibus rápidos de alta capacidade vão transformar a maneira como os belo-horizontinos se deslocam. O BRT vai oferecer mais conectividade, conforto e confiabilidade aos usuários do sistema de transporte público de Belo Horizonte. Além das linhas alimentadoras que servem os bairros periféricos, haverá três eixos principais do sistema, com operação plena prevista para iniciar em maio de 2014:

MOVE Antônio Carlos – Ligará a estação Venda Nova ao Centro (estações Vilarinho, Pampulha e Venda Nova), com 26 estações e uma extensão total de 14,7 km. Deve beneficiar cerca de 400 mil pessoas por dia, ao diminuir o tempo de viagem em 35 minutos (47% em relação ao tempo atual).

MOVE Cristiano Machado – Vai conectar a região central à estação São Gabriel, ao longo de 7,1 km. A redução prevista em relação ao tempo de viagem atual é de 15 minutos (43%), que beneficiará cerca de 300 mil pessoas diariamente.

MOVE Hipercentro – Vai servir o centro de Belo Horizonte nas avenidas Paraná e Santos Dumont. O total de extensão é de 1,3 km e deve atender a uma demanda aproximada de 30 mil passageiros / dia.

ÚLTIMO DIA PARA VOTAR!