Embarque no BRT MOVE com o TheCityFix Brasil!

MOVE, BRT de Belo Horizonte, inicia operações neste sábado. Nossa equipe acompanhou tudo de perto e conta pra você! (Foto: Luísa Zottis/EMBARQ Brasil)

É manhã de sábado, 8 de março, quando Belo Horizonte dá o pontapé inicial para transformar a vida dos usuários de transporte coletivo. O MOVE, primeiro sistema BRT – Bus Rapid Transit da cidade, entrou em operações com o corredor Cristiano Machado, que conecta a estação São Gabriel à área central da cidade, em cerca de 7 km. O TheCityFix Brasil esteve na cidade para participar da viagem inaugural e conta  tudo pra você!

8h30 da manhã. A equipe da EMBARQ Brasil (produtora deste blog e parceira de BH no projeto do MOVE) chega à estação Tamoios, no centro da cidade. Uma enorme faixa vermelha no chão antes da estação já alerta para não avançar antes do sinal de pedestres. Para entrar na estação, a catraca funciona como no metrô: o cartão de pré-pagamento dispensa filas dentro do ônibus. Logo na entrada, somos recebidos por uma equipe sorridente que está a postos para solucionar as dúvidas dos usuários. A impressão é de que a estação é tão bem integrada ao ambiente externo que a sensação é de estar a céu aberto.

Equipe do MOVE pronta para solucionar dúvidas. (Foto: Luísa Zottis/EMBARQ Brasil)

9h00. É nossa primeira viagem dentro do MOVE. Estamos ansiosos para experimentar! O ônibus chega quase vazio, mas logo tem parte dos assentos ocupados por nossa equipe, pela equipe da Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans), membros do Ministério das Cidades e demais usuários. Uma senhora que entrou de bengala no ônibus chama atenção pela alegria ao embarcar. É a aposentada Belina Lourenço da Silva, 71 anos.Ouvi na rádio sobre a inauguração do sistema, me programei para acordar cedo e experimentar a novidade”, conta enquanto observavo trajeto. “Estou feliz, as viagens serão mais rápidas e posso utilizar o sistema pra fazer compras, passear. Vai ser bom pra mim e pra todo mundo”.

Dona Belina acordou cedo especialmente para testar o MOVE e aprovou o sistema. (Foto: Luísa Zottis/EMBARQ Brasil)

Numa manhã chuvosa de sábado, os passageiros vão chegando aos poucos no dia de estreia do MOVE. (Foto: Luísa Zottis/EMBARQ Brasil)

O MOVE representa mais qualidade de vida não apenas para os usuários, mas também para seus condutores. É o caso do motorista Fernando Oliveira Silva, 32, que conduz nossa primeira viagem de MOVE e aprova a novidade. “O ônibus é confortável, seguro, e nos tira dos congestionamentos. Com a pista exclusiva, chegamos mais rápido ao centro. Estamos motivados a trabalhar com máxima segurança. Quando uma novidade chega para melhorar a nossa vida e a da população, é sempre bem-vinda”.

O motorista Fernando acredita que o BRT trará mais tempo e qualidade de vida para ele e para a população. (Foto: Luísa Zottis/EMBARQ Brasil)

BRT MOVE. (Foto: Luísa Zottis/EMBARQ Brasil)

Em movimento: MOVE Cristiano Machado está operando em fase inicial com três linhas. (Foto: Luísa Zottis/EMBARQ Brasil)

9h18. Chegamos na Estação São Gabriel, ponto de partida da viagem que vai marcar a inauguração do MOVE na capital mineira.

10h30 – a viagem inaugural. Dezenas de jornalistas se posicionam na estação para embarcar no MOVE, que está à espera do público. Os BRTs já operam com passageiros desde as 4 da manhã, mas é esta a viagem que celebra o início de operações. O prefeito da cidade, Marcio Lacerda, o presidente da BHTrans, Ramon Victor Cesar, secretários municipais e gestores públicos, além da nossa equipe e outros passageiros também entram no veículo.

A viagem é iniciada. Algumas pessoas do lado de fora, nas ruas, não entendem muito bem o porquê de um ônibus estar tão lotado e com tantas câmeras e flashes em pleno sábado de manhã. Mas o BRT só chama atenção por ser novidade e pelo design muito bonito – pois, adivinhe: ele é silencioso.

Sete quilômetros depois, todos desembarcam na estação Tamoios, no centro da cidade. O tempo de viagem? Só 15 minutos.

 Ah, e uma informação de utilidade pública: ciclistas também são bem-vindos ao sistema, que permite, inicialmente, bicicletas aos finais de semana e em determinados horários noturnos. “Vamos avaliar a convivência com as bicicletas no sistema e esperamos permitir uma operação nas 24 do dia futuramente”, conta Ramon, o presidente da BHTrans.

(Foto: Luísa Zottis/EMBARQ Brasil)

(Foto: Luísa Zottis/EMBARQ Brasil)

O Prefeito Marcio Lacerda (e), secretários e a diretora de projetos e operações da EMBARQ Brasil, Daniela Facchini, na viagem inaugural. (Foto: Luísa Zottis/EMBARQ Brasil)

A imprensa também participou do trajeto. (Foto: Luísa Zottis/EMBARQ Brasil)

(Foto: Luísa Zottis/EMBARQ Brasil)

Mais tarde, na prefeitura municipal, acontece uma coletiva de imprensa onde são passadas as informações fundamentais e as dúvidas dos jornalistas são respondidas.

Estamos começando uma importante transformação para a estrutura de mobilidade urbana em Belo Horizonte. O MOVE, que contou com o apoio da EMBARQ Brasil, representa mais qualidade, conforto e rapidez no transporte público – Prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda

O centro de BH também mudou: só quem passa são pedestres, ciclistas e o BRT MOVE. (Foto: Luísa Zottis/EMBARQ Brasil)

SAIBA MAIS SOBRE O MOVE

Nesta primeira fase, 18 veículos articulados com capacidade para 140 passageiros cada operam no MOVE Cristiano Machado em três linhas. A operação completa prevista para maio de 2014, incluindo o MOVE Antônio Carlos, vai transportar 700 mil usuários diariamente.

Os 23 km de corredores exclusivos aos ônibus rápidos de alta capacidade vão transformar a maneira como os belo-horizontinos se deslocam, com mais conectividade, conforto e confiabilidade aos usuários do sistema de transporte público de Belo Horizonte. Além das linhas alimentadoras que servem os bairros periféricos, haverá três eixos principais do sistema:

MOVE Antônio Carlos – Ligará a estação Venda Nova ao Centro (estações Vilarinho, Pampulha e Venda Nova), com 26 estações e uma extensão total de 14,7 km. Deve beneficiar cerca de 400 mil pessoas por dia, ao diminuir o tempo de viagem em 35 minutos (47% em relação ao tempo atual).

MOVE Cristiano Machado – Vai conectar a região central à estação São Gabriel, ao longo de 7,1 km. A redução prevista em relação ao tempo de viagem atual é de 15 minutos (43%), que beneficiará cerca de 300 mil pessoas diariamente.

MOVE Hipercentro – Vai servir o centro de Belo Horizonte nas avenidas Paraná e Santos Dumont. O total de extensão é de 1,3 km e deve atender a uma demanda aproximada de 30 mil passageiros / dia.

 

MOVE. (Foto: Luísa Zottis/EMBARQ Brasil)

Para saber mais, leia também a matéria publicada no site da EMBARQ Brasil.

  • Jomar

    E com a chuvarada de ontem em BH, como ficou ou não ficou o BRT?