Ferramenta identifica sistemas bike-sharing no mundo

O que Porto Alegre, Nova York, Toronto, Dublin, Tel Aviv e Chicago têm em comum? Acertou quem disse compartilhamento de bicicleta. Mas não é só isso. Elas fazem parte do grupo de cidades mapeadas no Bike Share Map, uma ferramenta que traz informação em tempo real sobre sistemas do mundo todo.

A plataforma é simples: basta selecionar uma cidade para ver o mapa de estações, que estão indicadas por círculos. Cada círculo indica quantas bikes estão disponíveis e quantas posições estão vagas para devolução. Ela mostra também as bicicletas danificadas, se a informação estiver disponível.

Bike Share Map

Atualmente, o Bike Share Map lista 92 cidades que somam 9.473 estações de bike-sharing. As bicicletas em uso e disponíveis também são atualizadas constantemente. Embora cerca de 500 cidades contem com os serviços de compartilhamento, a plataforma só consegue identificar aqueles que disponibilizam informação por meio digital. Além disso, o site compila os sistemas que têm pelo menos seis estações de compartilhamento.

Entre os países que têm mais sistemas identificados pelo Bike Share Map, o Brasil é o quinto, com 8 cidades, atrás de Espanha (11 cidades), China (11), França (27) e Estados Unidos (25).

O site é uma extensão do mapa mundial de bike-sharing do Google, que contém todas as cidades que têm serviço de aluguel de bicicletas públicas em operação e também aquelas que possuem projeto de implementação e, ainda, aquelas que já tiveram mas não têm mais.

ESTAMOS NA FINAL DO PRÊMIO TOPBLOG 2013! VOTE!