Cidades que abraçam a natureza

(Foto: reprodução/Future Cape Town)

Sua cidade tem áreas verdes? Quanta qualidade de vida seria perdida se elas não existissem? É bom pensar na questão, pois as populações cada vez mais migram para o ambiente urbano. No Brasil, por exemplo, o índice é de 87%, conforme dados da CIA (Central Intelligence Agency).

Recentemente, o tema foi debatido num #CityTalk via Twitter promovido pelo site Future Cape Town. Ali foram mostrados projetos bem bacanas de cidades que decidiram abraçar a natureza e o desenvolvimento sustentável como parte de seu futuro. Conheça:

KANSAS

No outono de 2008, havia um terreno vazio no centro distrito de Crossroads, no Kansas. Os departamentos locais começaram a pensar numa maneira de reaproveitar o local para beneficiando a população. Da iniciativa, surgiu o conceito 18 Broadway, um projeto que trará tecnologias para prover água, alimentos, áreas de convivência e energia sustentável para a população. A ideia é criar um laboratório vivo para experimentação de tecnologias e pesquisas em desenvolvimento sustentável.

BRIXTON

Os moradores de Brixton produzem uma horta orgânica comunitária. O objetivo é mostrar que comunidades podem produzir a própria subsistência e responder a uma possível crise de alimentação mundial.

SINGAPURA

O jardim Gardens by the Bay é bem interessante, com a visão da criação de uma cidade dentro de um jardim. Um concurso em 2006 elegeu o melhor projeto para o parque, com 70 trabalhos enviados por 170 empresas de mais de 24 países. O resultado final, que você vê abaixo, foi escolhido por um júri de 11 especialistas locais e internacionais.

(Foto: reprodução/Future Cape Town)

(Foto: reprodução/Future Cape Town)

PARIS

O Plantée Promenade é um parque elevado construído sobre uma antiga ferrovia Com extensão de 4,7 km, ele foi inaugurado em 1993.

(Foto: reprodução/Future Cape Town)

CAPE TOWN

A fazenda Oranjezicht City Farm é uma comunidade de produção de alimentos em pequena escala. A ideia é o melhor aproveitamento de espaços verdes subutilizados, com hortas comunitárias. O mais legal é que todos podem produzir e desfrutar dos alimentos do local. Saiba mais.

(Foto: reprodução/Future Cape Town)

Fonte: Future Cape Town