Táxi flutuante sustentável

Imagem mostra como o Skytran ficará na cidade. (Foto: divulgação)

Tel Aviv, a capital de Israel, vai implantar um modal de transporte inovador como alternativa aos problemas de mobilidade urbana. É o Skytran, um monotrilho de levitação magnética e movido a energia solar que ficará suspenso sobre as vias. Com capacidade para quatro pessoas, o táxi poderá ser acionado por um aplicativo de celular e promete ter custo inferior ao de um táxi convencional.

O grande objetivo é massificar o que promete ser o transporte mais sustentável do mundo. Desenvolvido com tecnologia espacial no Space Ames Research Center da NASA e com paineis solares, o investimento em infraestrutura é muito baixo em relação a metrôs e trens tradicionais: 9 milhões de dólares contra 100 milhões necessários à construção de um metrô, por exemplo.

Mas daí surge uma questão: por que optar pelo Skytran se a capacidade é muito inferior a de outros modais? Segundo seus criadores, é este o diferencial. O sistema Personal Rapid Transit (PRT)  quer atrair os motoristas e demais usuários de automóvel particular, eliminando o trânsito e a poluição do ar.

A estrutura do primeiro Skytran de Tel Aviv levará cerca de 18 meses para ficar pronta. Inicialmente, serão 6,5 quilômetros com um custo estimado de 50 milhões de dólares. O monotrilho, com altura de 6 metros em relação às ruas, terá estações afastadas a 400 metros das vias, sem interferir o tráfego.

E você, o que acha? O Skytran poderia uma solução viável para as cidades?

Veja como ele funciona:

Fonte: ArchDaily