Bristol é a Capital Verde Europeia de 2015

Bristol, Inglaterra (Foto: Alex Rusé/Flickr)

2015 já tem uma capital verde europeia. O Prêmio, que elege cidades consideradas exemplos de sustentabilidade e boas práticas urbanas, nomeou Bristol como a Capital Verde Europeia de 2015.

A cidade do sudoeste da Inglaterra, de 428 mil habitantes, impressionou o júri do prêmio pelos planos de investimento em transportes e energia. Desde 2005, apesar do crescimento econômico, Bristol reduziu consideravelmente as emissões de carbono, além de se comprometer a realizar investimentos de 500 milhões de euros no setor de transportes até 2015 e de 300 milhões em eficiência energética e energia renovável até 2020.

Em 2012 a cidade inglesa teve um crescimento de 4,7% na ec0nomia verde. A ambição, agora, é se firmar como um centro europeu no controle de emissões, e, para tanto, a meta é criar 17 mil empregos nos setores digital, criativo e de baixo carbono até 2030.

Como parte do processo, Bristol fez um vídeo de agradecimento a seus moradores pelas atitudes cotidianas que contribuíram para que a cidade fosse vencedora.

Além de eficiente, Bristol é considerada uma das cidades mais verdes do Reino Unido, com boas condições de acessibilidade e qualidade do ar. Confira os resultados obtidos até agora:

  • O uso de energia doméstica foi reduzido em 16% entre 2005 e 2010;
  • A eficiência energética no setor de habitação melhorou em 25% (2000/2001 a 2011);
  • 100% da população conectada à rede de esgoto;
  • Bristol tem o menor indicador de emissões de CO2 per capita entre as grandes cidades do Reino Unido: 4,7 toneladas (2010), contra a média das grandes cidades, de 5,6 toneladas, e a média nacional, de 6,6 toneladas;
  • A prefeitura reduziu suas emissões de CO2 em 28% entre 2003/04 e 2011/12;
  • 300 km de vias para ciclistas;
  • Com base em dados de 2010, 76% dos habitantes Bristol moram a até 300 metros de algum serviço de transporte público;
  • 55% das viagens na cidade de menos de 5 km são feitas a pé ou de bicicleta;
  • São mais de três mil hectares de áreas verdes, ou 27% da área da cidade, compostos por uma rede de reservas e regiões protegidas. Além desses, são 1.800 hectares de espaços verdes livres ao acesso público, o equivalente a 41 m² de área verde por pessoa.

Região central de Bristol (Foto: Miriam Calenheniel)

Fonte: Cidades Sustentáveis