Hackatona do Ônibus

Transparência, acesso à informação, inovação tecnológica e participação social. Esses são os ingredientes da Hackatona do Ônibus de São Paulo.

A fim de envolver a sociedade na construção de um governo mais aberto, entre os dias 23 e 27 de outubro a prefeitura de São Paulo promove o evento São Paulo Aberta, série de debates e atividades coletivas que terminam com a Hackatona do Ônibus – uma maratona de criação de aplicativos com os dados do sistema de transporte público municipal divulgados pela SPTrans.

Os cinco dias de evento discutirão principalmente o desenvolvimento de um governo mais aberto à participação popular e à transparência, abordando tópicos como a disponibilização de dados, monitoramento de políticas, controle participativo e novos paradigmas na relação Estado-sociedade civil. Confira a programação completa.

Os dois últimos dias, 26 e 27, são reservados exclusivamente à Hackatona, da qual participarão equipes selecionadas de programadores, pesquisadores e demais interessados, que trabalharão no desenvolvimento de aplicativos e softwares para disponibilizar ao público os dados e informações relativos ao sistema de transporte liberados pela SPTrans. O objetivo, além de contribuir com a mobilidade urbana em São Paulo, é abrir os dados à população e estimular a criação de aplicativos que melhorem a prestação de serviços públicos, tornando-os mais transparentes e abertos.

A premiação vai de R$ 8 mil a R$ 3 mil, para o primeiro e o terceiro lugares, respectivamente. Inscrições abertas até o dia 18 de outubro!

Saiba mais sobre a Hackatona.