Hyperloop: 560 km em meia hora

A invenção é de Elon Musk, CEO da Tesla Motors Inc. e da Space Exploration Technologies Corp. Criador da SpaceX, o inventor bilionário surpreendeu o mundo mais um vez nesta segunda-feira, dia 12, ao apresentar um ambicioso projeto. Estamos falando do Hyperloop, que, mesmo que por enquanto não passe de um modelo teórico, se coloca como um desafio ao status quo dos transportes.

O meio de transporte projetado por Musk foi concebido para ir de Los Angeles a San Francisco, separadas por 560 quilômetros, em uma viagem de 35 minutos. Ir de Nova York para a China, em um cenário hipotético, levaria duas horas.

Desenhado para transportar passageiros em tubos pressurizados a velocidades próximas da do som, o sistema é capaz de chegar a 1.220 km/h. De acordo com Musk, o Hyperloop poderia ser construído por US$ 6 bilhões com cápsulas próprias para pessoas, ou por US$ 10 bilhões com cápsulas maiores, capazes de transportar carros. Trata-se de uma alternativa quatro vezes mais rápida e que custaria um décimo do valor de um trem de alta velocidade.

O Hyperloop pode ainda utilizar energia solar, de forma que as passagens sairiam mais baratas que as de uma viagem de avião. E por falar em avião, na visão de Musk, a experiência de viajar no Hyperloop não seria nada parecida com a de uma viagem de avião: “Seria suave, como se você estivesse flutuando no ar”.