Missão Russa: Prefeito Fruet recebe delegação em Curitiba

Com o objetivo de buscar inspiração e aprofundar conhecimentos técnicos para seus projetos de mobilidade, uma comitiva do Governo Russo está em visita a três capitais brasileiras: São Paulo, Curitiba e Rio de Janeiro. O grupo que compõe a missão – realizada pelo Banco Mundial com apoio da EMBARQ Brasil – é formado por representantes do Ministério de Transportes da Rússia, pesquisadores e secretários municipais de transporte. Acompanhe os detalhes da visita aqui no TheCityFix Brasil!

 

Nesta quarta-feira (07), a delegação russa passou o dia na cidade de maior referência em mobilidade e urbanismo do país: Curitiba. O grupo foi recepcionado pelo prefeito Gustavo Fruet, que agradeceu o interesse da delegação em conhecer o sistema BRT (Bus Rapid Transit) da cidade, o primeiro do mundo. “Fico muito feliz com essa aproximação, o Brasil está se abrindo mais à Rússia, e isso é um bom sinal. Nossa equipe está à disposição, esperamos contribuir com a visita. Temos um desafio de manter a tradição em ser a cidade com melhor qualidade de vida do país”, declarou durante as boas-vindas ao grupo, na sede do IPPUC – Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba.

Prefeito Fruet dá as boas vindas ao grupo.

“Quando vocês forem para a Copa do Mundo na Rússia, em 2018, podem dizer com todo orgulho que a Rússia veio aprender com vocês como organizar todo o sistema de transporte, porque hoje aprendemos muito aqui”, agradeceu Vladimir Lugovenko, do Ministério dos Transportes da Rússia. “E temos esperança que o final desta Copa de 2014 será Brasil e Rússia”, disse em tom de descontração. Também receberam a delegação, Reginaldo Cordeiro, Secretário Municipal Extraordinária da Copa e vice-presidente da Federação Paranaense de Futebol (FPF); o presidente do IPPUC, Sergio Pires; Rafael Muller, assessor técnico da Secretaria, entre outros representantes da Prefeitura envolvidos com a Copa do Mundo 2014.

Por dentro do BRT

Diretor da Logitrans apresentou conceito e casos de sucesso do sistema.

Após a recepção do prefeito e visita ao IPPUC, o grupo russo seguiu para uma reunião com Garrone Reck, Diretor Técnico da empresa de consultoria técnica Logitrans. O especialista realizou uma apresentação sobre o conceito de BRT. As principais características do sistema são:

  • corredores exclusivos
  • embarque em nível
  • pré-pagamento
  • veículos de alta capacidade
  • linhas troncais
  • integração modal
  • sinalização e informação ao usuário

“Esse conjunto de características representa o BRT. Nem sempre há a presença de todas, uma cidade tem mais aspectos que outras”, disse Garrone ao citar exemplos de sistemas BRT bem-sucedidos, como Transmilenio, León, Transantiago, Expresso Tiradentes e outros. Para o especialista, esta oportunidade de troca de experiências entre Brasil e Rússia é uma experiência desafiadora. “O grupo está em boas mãos por estar acompanhado pela EMBARQ Brasil, que tem experiência da realidade brasileira e internacional, e pelo Banco Mundial. Isso abre os caminhos, pois conhecemos as dificuldades de delegações que não têm este suporte”, afirmou Garrone ao se despedir.

Embarque em nível nos famosos “tubos” do BRT curitibano.

À tarde, a delegação russa conheceu parte do icônico BRT de Curitiba e o trabalho da URBS (Urbanização de Curitiba), responsável por gerenciar a RIT (Rede Integrada de Transporte), recebidos por Denise Sella, diretora de Urbanização, e Silvia Ramos, do departamento de Relacionamento. No encontro, as especialistas esclareceram dúvidas do grupo sobre os sistemas de transporte público da capital paranaense. De acordo com Silvia, o sistema pioneiro conta, atualmente, com 81 km de corredores exclusivos em sua rede integrada, com projetos de expansão no horizonte.

Fotos: Mariana Gil / EMBARQ Brasil

Acompanhe os detalhes da Missão Russa aqui no TheCityFix Brasil!