Ascobike: associação cria centro de facilidades para ciclistas

O parque das bicicletas (Infográfico: Vida Simples)

O número de adeptos da bicicleta como meio de transporte aumenta e com ele a necessidade de estruturas que facilitem a vida e o deslocamento do ciclista, entre elas um bom lugar para estacionar as bikes. Foi pensando nisso que a arquiteta Annie Scheel desenvolveu o projeto que transforma um antigo estacionamento da Filadélfica em um centro de facilidades para ciclistas e com ele ganhou uma competição de design sustentável em Delaware. A proposta de Annie inclui restaurante, vestiário, aluguel de bicicletas além, é claro, de um estacionamento para as magrelas.

Aqui no Brasil, um projeto parecido funciona desde 2001 em Mauá (SP). É a Ascobike, uma associação de ciclistas criada por um funcionário da Companhia de Trens Metropolitanos (CPTM) que viu em suas mãos a responsabilidade de resolver o problema das bicicletas paradas em frente à estação de trem. Com espaço para 1700 bicicletas, é o maior estacionamento desse tipo do continente americano – e oferece anda oficina de reparos, empréstimo de bicicletas, café e água, apoio jurídico e assistência social.

Ascobike: estacionamento 24h para bicicletas em Mauá-SP (Foto: Juliana C. Silva)

Veja como funciona:

Estacionamento
O bicicletário é o principal. Nada como ter um lugar coberto e seguro para deixar as bicicletas durante o dia, sem a preocupação com roubos. Ganchos no teto otimizam o espaço e permitem que mais bicicletas sejam colocadas no mesmo lugar – e há ainda uma área de acessibilidade facilitada, com vagas especiais para mulheres e idosos.

Café
Um lugar para beber água, cafezinho ou fazer um lanche, o que ajuda muito, especialmente se a distância percorrida for grande. O local acaba sendo também um ponto de encontro para os ciclistas. No caso da Ascobike, café quente e água gelada são gratuitos: a associação serve aproximadamente dois mil cafezinhos por dia aos associados.

Integração com o transporte público
Um bom bicicletário deve ficar próximo a uma estação de trem ou metrô, possibilitando que as pessoas deixem a bicicleta no estacionamento e completem seu trajeto no transporte coletivo de maneira fácil e rápida.

Lojinha
Luzes de segurança, coletes refletivos, capacetes, bagageiros – os principais acessórios de que o ciclista urbano precisa e a um preço acessível.

Oficina
Regulagem de marchas e freios, calibragem dos pneus, consertos de peças quebradas e até revisão geral. Na Ascobike, por exemplo, a oficina oferece aos associados os serviços de manutenção e revisão das bikes a um valor sempre menor que o praticado no mercado. A ideia aqui é democratizar o acesso ao serviço.

Aluguel de bicicletas
Para turistas ou para quem ainda não tem uma bicicleta. O ponto pode ser integrado a um sistema de aluguel jê existente e também existe a possibilidade de empréstimos. Como acontece na Ascobike: a associação oferece para empréstimo uma das 12 bicicletas que possui para quem precisou deixar a magrela na oficina.

Esses são alguns dos serviços oferecidos por um centro de facilidades para ciclistas. Na Ascobike, além dos benefícios já citados, os associados ainda podem contar com apoio jurídico, plano de saúde com preço especial e atendimento social. No site da associação, também há uma seção de links e pequenos textos informativos sobre bicicletas.