R$ 50 bilhões para o transporte coletivo

Prefeitos e governadores reuniram-se com a presidente Dilma Rousseff (Foto: Roberto Stuckert Filho/PR)

A presidente Dilma Rousseff anunciou ontem, 24, que o governo irá disponibilizar R$ 50 bilhões para investimentos em transporte público urbano. A declaração, feita em um pronunciamento após reunião com governadores e prefeitos de todos os estados, é uma resposta às manifestações que acontecem no país há mais de uma semana e que tiveram origem na reivindicação do Movimento Passe Livre pela redução da tarifa de ônibus em São Paulo. “Essa decisão é reflexo imediato do pleito pela melhoria dos serviços de transportes das últimas semanas”, disse a presidente.

O transporte coletivo, uma das principais reivindicações dos manifestantes, tornou-se prioridade também nas reuniões presidenciais. Dilma anunciou que o governo irá desonerar o PIS/Cofins sobre o diesel e a energia elétrica usada para o transporte público. “Cabe agora aos Estados e Municípios abrirem mão também de seus impostos”, afirmou. Acompanhe o pronunciamento oficial, realizado na última sexta-feira (21), onde a presidenta explicita a priorização ao transporte público:

Dilma disse ainda que está ouvindo a voz das ruas e sugeriu que essa energia seja usada para, por exemplo, motivar uma reforma política no país. Hoje, pelo segundo dia consecutivo, a presidente tem uma série de reuniões com o objetivo de discutir soluções para encerrar a onda de manifestações no país.

Dilma marcou conversas ao longo do dia com os presidentes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marcus Vinicius Furtado Coelho, do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, e do Senado, Renan Calheiros (PMDB). Em debate, a proposta de convocação de um plebiscito para instalar uma Assembleia Constituinte exclusiva para discutir a reforma política, além de penas mais efetivas para a corrupção, que poderá ser classificada como crime hediondo.

Manifestação em São Paulo na última quinta-feira, 20 de junho (Foto: Agência Brasil)

Fontes: IstoÉ, Agência Brasil