Buracos de felicidade

Jardins em miniatura colorem os buracos das ruas de Londres (Foto: The Pothole Gardener/Reprodução)

O inglês Pete Dungey encontrou uma maneira divertida e construtiva para chamar a atenção da população e das autoridades para o problema das ruas esburacadas. Quando encontra um buraco em uma rua ou calçada, ele constrói um jardim em miniatura. Assim funciona o The Pothole Gardener, projeto que nasceu de seu trabalho de mestrado em design.

Pete conta em seu site que a ideia da iniciativa é criar momentos inesperados de felicidade no dia a dia de Londres, onde ele promove as intervenções – “uma pausa do cinza”. Ele usa flores, plantas e objetos em miniatura para criar pequenos cenários nos buracos. O trabalho, além de atentar para a quantidade de buracos nas ruas, inspira a imaginação de quem passa pelas pequenas criações.

E funciona. Por meio do blog, Pete convida as pessoas a fazerem o mesmo que ele: construir os próprios jardins nos buracos de suas cidades. Deu certo, e ele criou uma seção especialmente para as fotos que recebe. O sucesso do Pothole Gardener foi tanto que no ano passado Pete lançou seu primeiro livro, o The Little Book of Little Gardens (em tradução livre, O Pequeno Livro dos Pequenos Jardins. Detalhe: o livro é realmente pequeno, veja).

Ele resume: “Pothole gardening is all about getting out there and getting your hands dirty”. Jardinagem de buraco é chegar lá e sujar as mãos. Tudo por uma cidade mais bonita e colorida.

Aqui tem mais vídeos do projeto, não deixe de assistir!