Virada Sustentável: o sim da sustentabilidade

Entre os dias 6 e 9 de junho, o evento promove atividades em prol da sustentabilidade (Foto: Fernanda Danelon/Seeds of Garden)

O meio urbano, às vezes, sufoca. E, devido às diferentes clausuras que uma cidade grande pode proporcionar, é possível que as pessoas tenham dificuldade para perceber que, quando se fala em sustentabilidade, não se trata apenas de preservação ambiental. Nós podemos tornar nossas cidades menos nocivas a si mesmas e a nós com mudanças cotidianas simples. E é essa a ideia que a Virada Sustentável de São Paulo quer passar adiante.

O evento, que começa amanhã e vai até domingo, dia 9, é um movimento de educação que busca difundir e ampliar a informação sobre sustentabilidade nos centros urbanos. Utilizando arte, atrações culturais e atividades lúdicas como principais ferramentas de comunicação, a Virada é uma oportunidade de aprender a ser sustentável e melhorar a cidade ao redor.

Essa já é a terceira edição, que promete ocupar parques, praças, escolas e centros culturais com mais de 600 atrações. A programação envolve oficinas, exposições, jogos, filmes, palestras, apresentações musicais, números de dança, tudo aberto ao público. A proposta é mostrar à população o “sim” da sustentabilidade: em vez de dizer às pessoas o que elas não podem fazer, apresentar as inúmeras possibilidades do que pode ser feito. Mostrar que a sustentabilidade pode ser alegre e inspiradora.

Uma das atividades previstas, por exemplo, propõe que jovens e adultos participem de uma dinâmica de troca de brinquedos e experiências, a fim de aprender como brincam as crianças de diferentes regiões do mundo. Outra traz um encontro entre o público e os coletivos que trabalham com propostas de reurbanização e melhor aproveitamento dos espaços urbanos.

A Virada é de graça e aberta a todos. São quatro dias para conhecer alternativas, viver a cidade e fazer diferente. Participe, todo dia é dia de mudar!

Aqui tem mais informações.