RUTA está em plena operação

Com o objetivo de fornecer um transporte público que atenda as pessoas de forma eficiente e seja atrativo em comparação ao automóvel, o Governo de Puebla (México), cidade de 1,5 milhão de habitantes, optou por adotar sistemas BRT (Bus Rapid Transit) no município. A concepção do projeto foi realizada em parceria com a EMBARQ México. O primeiro corredor da RUTA – Red Urbana de Transporte Articulado, como é chamado na cidade, iniciou sua fase de testes em janeiro com tarifa gratuita a fim de incentivar o uso e a adaptação dos usuários ao novo sistema e de realizar ajustes finais para sua melhoria.

Foto: La Primera de Puebla

A Línea 1 liga Tlaxcalancingo a Chachapa por uma via segregada de 18,5 quilômetros de extensão transportando cerca de 120 mil passageiros/dia. O corredor trará, entre outros benefícios, a redução da emissão de 25,87 mil toneladas de gases contaminantes por ano, além de melhorias na rede viária da cidade como o seu reordenamento e o aumento da segurança dos pedestres.

Foto: Poblanerías

Mais sobre BRTs e corredores de ônibus

Saiba mais sobre esse e outros sistemas de transporte por ônibus no site BRTdata.org, um banco de dados que abrange informações dos sistemas BRT (Bus Rapid Transit) e corredores de ônibus do mundo todo.

Lançado há um ano, o site foi desenvolvido a partir de uma parceria entre quatro organizações globais: o Centro de Excelência BRT – Across Latitudes and Cultures (ALC-BRT CoE) e pela EMBARQ, o centro de transporte sustentável do WRI, em colaboração com a Associação Latino-Americana de Sistemas Integrados e BRT (SIBRT) e a Agência Internacional de Energia (IEA).

Confira aqui o panorama atual dos sistemas BRT e corredores de ônibus no mundo.