Uma visão positiva do futuro de São Paulo

Eu não sei quantos de vocês assistem a filmes de ficção científica, mas eu assisto. Embora eu goste deles, realmente não consigo lembrar o último que tinha qualquer forma de visão positiva do futuro. O único que vem à mente é a animação Wallace & Gromit in The Curse of the Were-Rabbit (Wallace & Gromit em A Batalha dos Vegetais, título em português).

Neste filme, as pessoas plantam seus próprios vegetais em seus jardins, mas Wallace e Grommit precisam ajudar os moradores do vilarejo, pois um coelho mutante aparece para destruir todos eles (os legumes, não os moradores!).

Pesquisas mostram que, em geral, repetimos a nós mesmos uma das quatro histórias gerais sobre o futuro. A primeira é que a tecnologia vai ser a solução para todos os nossos problemas, e que podemos continuar aumentando nossas economias invariavelmente. A segunda história é que a tecnologia verde vai nos permitir continuar como estamos agora, em nossos níveis atuais de consumo. A terceira história é que o futuro será um caos, muito parecido com o representado em The Hunger Games ou nos muito mais velhos filmes Mad Max.

A história final, que é muito mais rara de encontrar no discurso das pessoas, é que deixaremos de ser consumidores de recursos para sermos guardiões dos recursos do planeta e dos ecossistemas. Outra pesquisa sugere que, de fato, seríamos muito mais felizes neste cenário, mas dada toda pressão da publicidade nos meios de comunicação, e as histórias que são mostradas no cinema, a mensagem está mal sendo escutada.

Foi com grande satisfação, portanto, que eu descobri este curta de animação, mostrando um futuro possível para São Paulo, onde as bicicletas recuperam um papel central na vida diária. O filme foi produzido pela NUPA, uma escola pública de animação em São Paulo, com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura. Eu espero que você assista e curta tanto quanto eu!

paulicéia BICICLETAS EM SÃO PAULO from Céu D´Ellia on Vimeo.

 

  • http://www.facebook.com/ceu.dellia Céu D’Ellia

    Olá Simon,
    Seguindo o comentário que deixei pra você no Vimeo, além desse filme, todo o projeto do NUPA nasceu de experiências anteriores na área da produção cultural voltada à sustentabilidade. Há quase uns dez anos recebi um prêmio da IUAPPA, o Hope for the Future for a Sustainable World, por um conjunto de propostas éticas para a comunicação de massa. Claro que, além disso, contou minha experiência como cineasta de animação e como professor. E isso não serviria de nada senão tivesse encontrado pessoas que compartilhassem da mesma visão e tivessem suas contribuições a fazer.
    O que sempre nos faz voltar ao assunto de rede social e da importância da consciência coletiva.
    Destaco especialmente o Leandro Benetti, ex-diretor do CCJ Ruth Cardoso, que me ajudou a entender a cultura dos jovens da periferia, e o próprio ex-secretário de cultura e professor Carlos Calil, que tem um entendimento amplo tanto da cidade como do papel do cinema na sociedade e na arte.

  • http://www.facebook.com/jurandyr.passos Jurandyr Belli Passos

    Alguém acha que isso reflete a administração Kassab, que patrocinou o vídeo?

  • Pingback: AgoraLab