Festival Internacional de Músicos de Metrô: o som além dos trilhos em São Paulo

Foto: Red Bull

Durante esta semana (22 a 27), o paulistano que usa o metrô está vivendo uma experiência diferente de simplesmente ser levado pelo movimento do trem. O embalo vem da 2ª edição do Red Bull Sounderground – Festival Internacional de Músicos de Metrô, que reúne diferentes acordes e melodias de buskers – artistas conhecidos por apresentarem sua arte diante de milhares de pessoas nos subterrâneos das cidades.

Para esta edição, foram selecionados músicos de diferentes locais do mundo, que representam oito cidades, somando um total de 19 atrações em formações solo, duo e trio. O Brasil está sendo representado por músicos da capital paulista. Já do exterior há artistas de Barcelona, Berlim, Londres, Montreal, Moscou, Nova York e Paris.

Idealizado por Marcelo Beraldo, em parceria com a Red Bull, o Festival Internacional de Músicos de Metrô está parando em nove estações do metrô paulistano, entre as linhas Azul, Verde, Amarela e Vermelha. O objetivo é fazer com que os cerca de 4 milhões de usuários diários vivenciem a arte em um ambiente bem conhecido por todos, mas pouco explorado em suas potencialidades de aproximação social.

Foto: Red Bull

Show na praça

Mas não é só no subterrâneo que a música vai ecoar. Para encerrar a semana de apresentações, está programado um show ao ar livre na Praça Victor Civita (localizada ao lado da estação Pinheiros da Linha Amarela),  no sábado, a partir das 17h. O fechamento vai contar com a presença de todos os músicos que tocaram no Festival, além da participação especial do DJ Daniel Tamempi. A entrada é franca.

O Red Bull Sounderground é produzido pela Barong Produções e conta com incentivo da Lei Rouanet (Lei de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura) e da Área de Ação Cultural do Metrô de São Paulo e da ViaQuatro.