65% dos paulistanos abandonariam o automóvel por transporte público de qualidade

Foto: Mariana Gil / EMBARQ Brasil

A gente já sabia! Uma pesquisa, divulgada na segunda-feira (17) por Ibope e Rede Nossa São Paulo, revelou que a maioria (65%) dos motoristas de São Paulo estaria disposto a abandonar o carro se houvesse uma boa alternativa de transporte na cidade.”Talvez se tivéssemos um transporte público com qualidade essa disposição fosse maior”, diz Márcia Cavallari, diretora do Ibope. Atualmente, mais de 2 milhões de pessoas utilizam carro diariamente ou quase todos os dias na capital.

O levantamento foi feito entre 17 e 24 de agosto com 805 pessoas de 16 anos ou mais residentes na cidade. De acordo com a pesquisa, as pessoas gastam, em média, duas horas e meia no seu deslocamento diário, sejam eles feitos por meios de transporte públicos ou individuais. O resultado disto é que 80% dos paulistanos consideram o trânsito “ruim ou péssimo”.

Solução no transporte coletivo

Nós já apontamos diversos exemplos que ajudaram a diminuir o problema de congestionamento em grandes cidades e, muitas delas, passam pela qualificação do transporte coletivo. Em São Paulo, o caminho ainda parece longo. De acordo com a pesquisa, 23% dos entrevistados consideram o transporte coletivo problemático. A ampliação de linhas de metrô e corredores de ônibus é a medida mais pedida pelos entrevistados: 41% deles querem mais desses meios de transporte, ante 34% no ano passado. “Aumentou a percepção de que a saída é o investimento no transporte coletivo”, afirma Cavallari.

A pesquisa, em sua sexta edição e com margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos, foi divulgada na Câmara Municipal, no centro. A ação integra a Semana da Mobilidade na capital, que começou domingo (16) e vai até sábado (22), quando se celebra o Dia Mundial Sem Carro.

Veja a apresentação completa da pesquisa.