Por que uma Década de Ação pela Segurança no Trânsito?

Você sabia que esta é a “Década de Ação” das Nações Unidas para a segurança no trânsito? Se não, fique sabendo: o período de 2011 a 2020 está concentrando uma série de ações em todo o mundo para reduzir acidentes de trânsito. A meta é salvar 5 milhões de vidas e evitar que 50 milhões de pessoas sofram lesões permanentes. Para comparar, é como se nesses 10 anos pretenda-se salvar as vidas de todos os habitantes das cidades de Porto Alegre, Belo Horizonte e Goiânia somadas.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, em nível mundial, a cada dia mais de 3 mil pessoas morrem por acidentes rodoviários. Por ano, 50 milhões de pessoas sofrem lesões físicas que os incapacitam parcial ou totalmente. Isso significa que a cada 6 segundos alguém morre ou é gravemente ferido por causa de um acidente de trânsito. Entre as mortes em nível mundial, 90% ocorrem em países em desenvolvimento (apesar de eles possuirem menos da metade da frota de veículos mundial).

Saiba mais:

  • Os acidentes de trânsito representam a 3ª causa de mortes na faixa de 30-44 anos, a 2ª na faixa de 5-14 e a 1ª na faixa de 15-29 anos de idade.
  • As principais vítimas dos acidentes são os agentes mais vulneráveis do trânsito: pedestres, ciclistas, motociclistas e usuários de veículos não-motorizados.
  • 6% das deficiências físicas mundiais são causadas por acidentes de trânsito

6% das deficiências físicas mundiais são causadas por acidentes de trânsito (Foto: Lindomar Cruz)

Situação na América Latina:

A média de acidentes na região da América Latina e Caribe é de 17 para cada 100.000 habitantes. Esse número representa quase o dobro da média mundial e é muito superior à média de países de renda elevada. Estudos apontam que, se a situação da América Latina não for modificada em breve, a média de acidentes subirá de 17 para 24 em 2020. Isso a tornará a região com mais acidentes viários no mundo.

Fator humano é o principal causador de acidentes (Foto: Massao Uehara)

Situação no Brasil:

Os acidentes de trânsito são a terceira maior causa de mortes no país. Só no ano de 2010, houve 50.000 mortes por esses acidentes no Brasil. Isso significa que naquele ano a média de mortes em acidentes correspondia a 21 para cada 100.000 habitantes.

 

Década de Ação – participe também!

Quer ajudar? Comece respeitando as regras de trânsito e influenciando as pessoas à sua volta a fazer o mesmo: 90% dos acidentes no Brasil são causados por fatores humanos como excesso de velocidade, manobras perigosas, motoristas alcoolizados, e outras formas de imprudência.

 

 

Mais informações: Mapa da Violência 2012