Um grande passo para o transporte público da América Latina

Luis Gutiérrez, Diretor Estratégico para América Latina da Rede EMBARQ e Secretário Geral da SIBRT.

Por Fagner Glinski*

I Workshop SIBRT de Qualidade de Serviço e Satisfação dos Usuários, organizado pela Associação Latino-Americana de Sistemas Integrados e BRT (SIBRT), com o apoio da Transantiago, do Centro de Excelência ALC BRT e da Rede EMBARQ, reuniu mais de 40 especialistas, operadores e acadêmicos de 12 cidades e seis países, para discutir em profundidade como oferecer serviços de transporte coletivo com qualidade e satisfazer os usuários. O evento aconteceu entre os dias 23 e 27 de julho, em Santiago, Chile, durante a Conferência de Sistemas Avançados de Transporte Público, CASPT12.

Este intercâmbio de experiências é parte de um amplo e sistemático trabalho de benchmarking realizado pela SIBRT, inspirado na experiência precursora do Centro de Estratégia de Tecnologia Ferroviária (The Railway Technology Strategy Centre – RTSC), do Imperial College de Londres. O trabalho é resultado de uma agenda de cooperação com o Centro de Excelência, o qual vem apoiando e dando consistência cientifica ao benchmarking da Associação.

Juan Carlos Muños, do Centro de Excelência ALC BRT.

“Precisamos destacar a contribuição visionária do professor Juan Carlos Muñoz, que lidera o Centro de Excelência, e o magnífico trabalho dos pesquisadores da PUC do Chile, assim como, a orientação metodológica do professor Luis Antonio Lindau, presidente da EMBARQ Brasil. Graças a estas participações, conseguimos abrir este espaço de intercâmbio e cooperação entre os distintos atores com responsabilidades em qualidade de serviço do transporte público”, afirmou Luis Gutiérrez, diretor estratégico para América Latina da Rede EMBARQ e secretário geral da SIBRT.

As discussões foram realizadas através de apresentações das agências que compõem a SIBRT e dinâmicas de grupo, em cada um dos três temas principais: gestão da opinião dos usuários, indicadores de rendimento e mecanismos contratuais. O Workshop permitiu aos técnicos das agências conhecer o ponto de vista de operadores privados vindos da Colômbia e México. Além disso, contaram com a opinião de fornecedores da indústria que, de maneira produtiva, enriqueceram as análises que ocorreram em pequenos grupos que trabalharam de maneira rotativa, encima de perguntas previamente formuladas.

Luis Antonio Lindau, da EMBARQ Brasil.

Os trabalhos foram conduzidos por André Jacobsen, especialista em benchmarking da SIBRT, contando com a colaboração de quatro profissionais facilitadores que tomaram nota de todas as ideias e propostas dos participantes, para, em seguida, preparar uma síntese das informações que foram apresentadas e discutidas na última sessão do evento.

A sessão de encerramento da CASPT12 é mais um ponto a ser destacado do evento em Santiago. Fornecedores de tecnologia e software para planejamento, informação e gestão do transporte público apresentaram seus produtos ao público formado por gestores, operadores, consultores e especialistas, promovendo uma discussão profunda e de alto valor para o futuro da indústria e os serviços do setor. SIBRT apresentou sua visão sobre os desafios da modernização do transporte público da América Latina e a necessidade de fomentarem um trabalho conjunto, através de alianças estratégicas.

Patricio Perez, da Transantiago.

Desta maneira, a CASPT12 se converteu em um privilegiado cenário para o diálogo e cooperação entre setores que nunca antes haviam se reunido desta forma. “Estamos felizes com o trabalho realizado nesta reunião final. Fornecedores, gestores e operadores foram, pela primeira vez, protagonistas de um processo de intercâmbio de experiências e conceitos extremamente construtivos e criativos, que esperamos se repita no futuro”, destacou Juan Carlos Muñoz.

Todo o conhecimento reunido no Primeiro Workshop SIBRT de Qualidade de Serviço e Satisfação dos Usuários servirá de base para a criação de uma agenda de trabalho estratégico comum. SIBRT, o Centro de Excelência e a Rede EMBARQ se comprometeram a desenvolver estudos e guias de melhores práticas. Esses guias servirão para que todos os atores dos sistemas de transporte público das cidades latino-americanas tenham a oportunidade de melhorar suas capacidades, colaborando com a implementação de serviços com melhores padrões de qualidade.

Grupo durante workshop em Santiago.

Sobre o Centro de Excelência ALC BRT

Consorcio de cinco instituições acadêmicas e técnicas de prestígio internacional: Pontifícia Universidade Católica do Chile, Instituto Tecnológico de Massachusetts (MIT), Universidade Técnica de Lisboa, Universidade de Sydney e EMBARQ – Centro de Transporte Sustentável do WRI, incluindo sua rede de centros de transporte sustentável em diversos países.

O principal objetivo do Centro é desenvolver um novo marco para o planejamento, design, implementação e operação de sistemas BRT em diferentes áreas urbanas, outorgando guias claros para tomadores de decisão sobre quando e como os projetos de BRT podem efetivamente melhorar a mobilidade e resolver necessidades de acessibilidade das cidades.

Pretende que estas diretrizes permitam aos tomadores de decisão enfrentar da melhora maneira os planos de investimentos e planejamento de sistemas de mobilidade urbana. Um objetivo essencial do ALC-BRT é identificar os elementos que são transferíveis entre sistemas BRT existentes e futuros, quais elementos são específicos de cada sistemas.

Mais informações: www.brt.cl.

*Coordenador de comunicação da SIBRT.