Porto Alegre ganha coletivo Mobicidade para promover uso da bicicleta

Ciclista com chimarrão na av. Beira Rio, em Porto Alegre. (Foto: Bruna Cabrera)

Unir vozes é uma boa maneira de ser ouvido para desenvolver alternativas às cidades, como já comentamos aqui. Com a criação do Mobicidade – Associação pela Mobilidade Urbana em Bicicleta, no último mês, Porto Alegre recebe novo fôlego e voz para promover a bicicleta na capital gaúcha, que anunciou, recentemente, a criação de sistema de aluguel de bicicletas públicas até agosto deste ano.

A associação é apartidária, horizontal e sem fins lucrativos, e tem um grande objetivo pela frente: tornar a cidade um lugar mais humano e propício para a prática do ciclismo diário. “Ela veio do desejo latente de ciclistas de transformar a cidade para melhor viver e conviver. Por isso estamos nos articulando com outros grupos sociais, associações de moradores, etc, para pensar a cidade que queremos, fazendo da mobilidade urbana um instrumento que interliga pontos, sempre pensando nas pessoas, caminhando para a harmonia nas cidades, uma sustentabilidade que vai alem de ações pontuais”, explica Lívia Biasotto, uma das fundadoras do coletivo.

Ainda de acordo com Lívia, a Mobicidade nasce com espírito coletivo para reunir o máximo de experiências e boas ideias para estimular a prática do transporte não-motorizado. “Houve uma reunião anterior à data de fundação, na qual cada pessoa presente expressou seus anseios em relação à importância de se ter uma associação. Os relatos foram registrados e engendram a constituição e finalidade da Mobicidade”, diz.

A partir das reuniões e ideias, estipulou-se alguns dos principais objetivos do Mobicidade:

  • Discutir junto com os órgãos públicos competentes as questões relacionadas à mobilidade urbana e o cumprimento das leis, atuando na fiscalização e na implementação do Plano Cicloviário de Porto Alegre;
  • Exercer papel de representação na votação dos investimentos da temática trânsito no orçamento participativo;
  • Articular políticas públicas relacionadas à mobilidade urbana;
  • Ser uma referência para a comunidade nos assuntos relacionados à bicicleta e seus desdobramentos, como também, representar e atuar como interlocutora das demandas dos usuários de bicicleta em todas as suas expressões;
  • Produzir e disseminar conhecimento quanto ao uso da bicicleta nas cidades, constituindo-se num centro de informação e registro de dados relacionados ao assunto;
  • Atuar no planejamento urbano e na promoção da cidadania a partir do uso da bicicleta;
  • Promover e incentivar o uso da bicicleta;
  • Contribuir para a formação de melhores operadores de trânsito (ciclistas, motoristas de carro, ônibus, caminhão, motocicletas e condutores em geral) e dos agentes de fiscalização do trânsito.

Para mais informações entre em contato:  contato@mobicidade.org.

Veja o vídeo com algumas expectativas dos participantes da primeira reunião do coletivo:

 

Fonte: Vá de Bike