Fórum Internacional dos Transportes reúne 53 ministros

Líderes e especialistas reunidos no ITF. (Foto: ITF)

O Fórum Internacional dos Transportes (ITF, sigla em inglês) reuniu representantes do setor de 53 países no encontro anual, na última semana (2 a 4/5), em Leipzig, Alemanha. Os líderes políticos debateram sobre os rumos da mobilidade nos próximos anos, tendo como tema “Seamless Transport: Making Connections”. O evento também marcou a entrada do Chile na organização, sendo o primeiro representante da América do Sul na OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), criadora do Fórum.

“Ao possibilitar que o transporte seja mais integrado – entre modos e sistemas, através de fronteiras, marcos regulatórios e estruturas de propriedade – estimula-se a criatividade, a definição de recursos livres, ajuda o crescimento econômico e fornece as melhores soluções para os usuários de transporte”, declara Michael Kloth, secretário-Geral do Fórum Internacional do Transporte.

Na pauta oficial dos ministros discutiu-se a importância do transporte sustentável e de massa, na presença de empresários, pesquisadores e organizações do setor. Além disso, houve debate sobre pirataria marítima, segurança em cruzeiros e o futuro do automóvel.

Ao final da reunião, na sexta-feira, o professor José Manuel Viegas, de Portugal, foi eleito o novo Secretário-Geral do Fórum Internacional dos Transportes. Além do reforço da estrutura interna do ITF, Viegas encara como objetivo do seu mandato de cinco anos o aumento do número de países e ministros presentes no Fórum.

“No ano passado, com a entrada da China e da Índia, alargou-se o âmbito mundial do ITF, mas queremos chegar aos cinco países que fazem parte do G20 que ainda não estão presentes, nomeadamente, Brasil, África do Sul, Arábia Saudita, Indonésia e Argentina”, afirma.

Professor José Manuel Viegas. (Foto: ITF)

Fonte: ITF e Plio.pt