Experiência BRT, dia 7: até mais, Bogotá

Por Cíntia Freitas

Último dia em Bogotá. Pela manhã, fomos recebidos pela empresa TRANSMILENIO S.A. Assistimos a uma apresentação bastante detalhada sobre o TransMilenio, facilitada pelo engenheiro Carlos Acosta. Ele nos explicou o contexto de Bogotá e histórico do TransMilenio, enchendo todos de expectativas em relação a como será o início da Transoeste, cuja história ainda está por ser escrita.

Jornalistas assistem a apresentação sobre o sistema TransMilenio (Foto: Mariana Gil / EMBARQ Brasil)

O engenheiro Carlos Acosta fala da história do TransMilenio (Foto: Mariana Gil / EMBARQ Brasil)

Entre alguns fatos interessantes, podemos citar:

  •  No dia 9 de junho de 2012, mais um trecho de vias será inaugurado. Serão 7,7 km a mais na Carrera 10 e 12,2 km a mais na Carrera 26. Após essa ampliação, o sistema já estará apto a operar com 2 milhões de passageiros por dia. Até 2013, a capacidade deve ser de 2,2 milhões de passageiros/dia.
  • Bogotá tem 7,3 milhões de habitantes – isso representa 16% da população da Colômbia
  • A velocidade média do transporte tradicional é de 17 km/h, enquanto que a velocidade média do TransMilenio é de 24 km/h.
  • O projeto inicial do TransMilenio, criado em 1998, previa 388 quilômetros de vias exclusivas. Hoje, existem 84 e a partir de junho serão 103,9.
  • Os sistemas BRT, de acordo com a maneira como forem planejados, podem ter uma capacidade igual ou maior à dos metrôs. No caso do TransMilenio, sua capacidade de 45 mil passageiros por hora por sentido é maior do que quase todos os sistemas de metrô do mundo, só perdendo para quatro: as linhas 1 de Tóquio, São Paulo, Cidade do México e Beijing.

Jornalistas tiram dúvidas com técnicos do TransMilenio (Foto: Mariana Gil / EMBARQ Brasil)

Depois, a equipe foi convidada a visitar o centro de controle do TransMilenio, de onde se coordena toda a operação dos ônibus na cidade.

Centro de controle do TransMilenio (Foto: Mariana Gil / EMBARQ Brasil)

Funcionários no centro de controle (Foto: Mariana Gil / EMBARQ Brasil)

Do centro de controle, o pessoal da “Experiência BRT” foi diretamente ao aeroporto, rumo ao próximo destino: Medellín. Chegava ao fim nossa aventura em Bogotá. A experiência foi extremamente enriquecedora, pois conhecemos a beleza e cultura da cidade e aprendemos a ver e pensar novas formas de trabalhar, novas ideias, e novos conceitos. Vivenciar na prática e com acompanhamento técnico o sistema BRT de maior demanda no mundo não tem preço pra quem quer melhorar o transporte público nas cidades com base em exemplos que deram certo.

Fica aqui o nosso muito obrigado, ou “muchas gracias” a todos que de alguma forma nos ajudaram a realizar uma visita tão proveitosa. Até mais TransMilenio, até mais Bogotá.

Estação do TransMilenio (Foto: Mariana Gil / EMBARQ Brasil)

Bogotá, muy linda. (Foto: Mariana Gil / EMBARQ Brasil)

  • Francisco

    Parabens Mariana pela cobertura tão rica, parabens Embarq Brasil pela iniciativa e realização desta experiencia onde orgãos formadores de opinião puderam ver de perto o funcionamento deste sistema que beneficiar muito nosso povo que sofre muito com mobilidade urbana