Experiência BRT, dia 6: pedalando em Bogotá

Ciclistas em Bogotá (Foto: Mariana Gil - EMBARQ Brasil)

Por Cíntia Freitas

O domingo provou ser um dia muito especial para quem vive na capital colombiana. Aos domingos, são fechados 120 quilômetros de vias na cidade, as quais ficam livres para pedestres e ciclistas. Soma-se a isso os 344 quilômetros de ciclovias que já existem, e contabilizam-se 464 quilômetros dedicados ao esporte, lazer e transporte sustentável. Aos olhos da delegação brasileira, a cena vista era um fenômeno: milhares de pessoas pedalando (ou de carona nas bikes) pelas ruas da cidade: crianças, jovens, famílias, casais, idosos… e até cachorros!

Na carona da bike, um cachorrinho comportado (Foto: Mariana Gil - EMBARQ Brasil)

É claro que, estando em Bogotá durante o domingo, nosso grupo não poderia perder esse espetáculo. Os jornalistas montaram em bicicletas alugadas e juntaram-se aos demais ciclistas pelas ruas da cidade. Nosso guia, Dario Hidalgo, seguia pedalando e conversando com os jornalistas. A busca pela informação era o combustível que movia a todos na sua jornada de aproximação com a cidade e com o estilo de vida daqui. Por diversas vezes, paramos para conversar com os moradores locais e descobrir suas opiniões sobre mobilidade.

Dario Hidalgo explica a história das ciclovias em Bogotá (Foto: Mariana Gil - EMBARQ Brasil)

 

Jornalistas da Missão de Imprensa filmam as ruas fechadas para carros (Foto: Mariana Gil - EMBARQ Brasil)

Uma das coisas que mais chamou a atenção do grupo foi a proporção do projeto de fechar ruas aos domingos: uma grande área da cidade é abrangida, e a população realmente sai de casa para pedalar e aproveitar o dia ao ar livre. Para Magdala Arioli, engenheira de transportes da EMBARQ Brasil, ações como essa tornam as cidades espaços voltados para as pessoas – pois valorizam a qualidade de vida e a sustentabilidade.

Ciclovia no parque (Foto: Mariana Gil - EMBARQ Brasil)

Entre os aspectos que mais chamaram atenção dos brasileiros, além da dimensão e alcance do projeto, estavam a ótima infraestrutura de ciclovias, calçadas e parques. Nem mesmo a altitude desanimou a equipe. Após três horas de pedalada e diversas entrevistas, todos estavam encantados com a iniciativa da cidade. Todos sairam com a vontade de repetir a dose.

Participantes da segunda equipe da Experiência BRT - Missão de Imprensa (Foto: EMBARQ Brasil)