“Os governantes devem agir para inibir o uso do carro”

Professor da Universidade Harvard e especialista em centros urbanos fala sobre soluções para tornar as cidades menos caóticas. (Foto: Book Festival HQ)

Por Cíntia Freitas

Edward Glaeser é economista e dirige um centro de pesquisas e assessoria em políticas públicas na Universidade Harvard. Especialista em centros urbanos e tendo visitado e estudado as maiores metrópoles do mundo, ele é autor do livro “Os Centros Urbanos: a Maior Invenção da Humanidade”. Grande defensor dos benefícios da vida nas aglomerações urbanas, ele deu uma entrevista à revista Veja durante visita ao Brasil para palestra no evento Arq.Futuro.

Entre diversas questões relativas às cidades, Glaeser fala dos benefícios econômicos, ambientais e sociais que provêm da opção de se morar em grandes centros urbanos. Para ele, o maior benefício das cidades para a humanidade é a conexão entre pessoas e ideias e o potencial criativo e inovador que ela gera. Em relação ao meio ambiente, Glaeser argumenta que o nível de poluição gerado por pessoa é muito menor nas grandes metrópoles do que nas zonas rurais e pequenas cidades. Entre causas citadas, uma delas é o fato de que quem vive mais afastado dos centros tende a usar mais o carro.

Quando interrogado sobre soluções para melhorar a qualidade de vida e reduzir o caos nas grandes cidades, Glaeser é enfático quanto ao transporte público: é preciso investir maciçamente. “Os governantes devem agir para inibir o uso do carro. A experiência dos pedágios urbanos tem sido bem-sucedida, sempre que acompanhada, é claro, de boas alternativas de metrô e linhas de ônibus.”. Para ele, as cidades precisam ser mais planejadas, pensadas. E um bom planejamento urbano sempre envolve um sistema de transporte público eficiente e de custo acessível.